Veterinária debate a importância do Comitê de Ética na experimentação animal

Durante o evento, professores explicaram que apenas projetos com animais sadios devem passar por aprovação
Acadêmicos de Medicina Veterinária se reuniram no Anfiteatro da UNIGRAN para a mesa–redonda “Comitê de Ética – experimentação com animais”, na tarde de quinta-feira. O evento esclareceu aos alunos quanto a elaboração do projeto de pesquisa, de acordo com as normativas do Comitê de Ética da Instituição. Segundo Claucia Honorato, coordenadora do evento, o objetivo da mesa-redonda é mostrar aos acadêmicos a importância do Comitê de Ética, principalmente da sua vertente na experimentação animal. “Desejávamos sanar a demanda de dúvidas dos alunos quanto às práticas para a utilização de animais em projetos de iniciação científica e conclusão de ID_CURSO”, explica. A partir da realização do evento foi possível explicar que entre as funções do Comitê de Ética da UNIGRAN está a análise, a orientação e a emissão de parecer favorável ou não para o acadêmico desenvolver suas pesquisas. “Como praticamente todas as pesquisas que fazemos envolvem a experimentação animal, tínhamos medo de elaborar o projeto e ele não ser aprovado pelo Comitê, agora sem nenhuma dúvida, me sinto preparada para elaborá-lo”, falou a acadêmica do 7º semestre de Medicina Veterinária, Renata Oliveira Corsato. O debate contou com a presença dos professores Ana Amélia Gomes, Thiago Leite Fraga, Jorge Granja, com a colaboração do coordenador do ID_CURSO, Klaus Casaro Saturnino, e com a mediação da professora Claucia Honorato. Acadêmicos do primeiro, terceiro, quinto e sétimo semestre de Medicina Veterinária participaram das discussões. (LR/CJ)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran