Jornada de Psicologia debate interdisciplinaridade na saúde.

Profa. Aletéia Ferruzzi abriu hoje evento da UNIGRAN que aborda uma área nova da Psicologia.
A relação entre o comportamento e saúde está em amplo debate com a participação do profissional da psicologia para melDATA_HORAr a qualidade de vida dos pacientes. A VI Jornada de Psicologia da UNIGRAN trouxe a temática da atuação do psicólogo na participação em equipe interdisciplinar, área de destaque que se diferencia pela promoção da saúde. A abertura da Jornada aconteceu na quarta-feira (29) e o evento se estende até sexta-feira com palestras, mesa-redonda e debates com profissionais da psicologia e outras áreas da saúde. Estiveram presente na solenidade de abertura, o Pró-reitor de Administração da UNIGRAN, Rubens Di Dio, que destacou a evolução e o dinamismo do ID_CURSO, a coordenadora Aletéia Henklain Ferruzi, que recepcionou os participantes do evento e a coordenadora do Núcleo de Psicologia, Adriana Sordi. A psicologia da saúde ainda é uma área recente que tem por objetivos utilizar modelos e procedimentos da psicologia cientifica na área da saúde em geral. O tema de abertura da Jornada “Psicologia e saúde: a importância da interdisciplinaridade” foi destacado pelas psicólogas Elizete Maria Bachi Comerlato e Giselle Galego Ramos, professoras da UNIGRAN. Dentre as principais funções da equipe multidisciplinar para atuar na melhoria da qualidade de vida dos pacientes, a participação do psicólogo na saúde tem como papel, segundo Elizete Bachi, prevenir os riscos à saúde onde as ações irão incidir particularmente nos índices de doenças associadas aos hábitos de alimentação, sedentarismo, tabagismo. Assim, comentou que a psicologia atua em dois enfoques básicos: comportamento e estilo de vida (que podem ser prejudiciais à saúde) e a promoção de saúde (que são todos os acompanhamentos do caso clínico do paciente). Para que a equipe interdisciplinar alcance os objetivos da promoção da saúde e desenvolva o trabalho em conjunto, a comunicação é apontada como fator fundamental para obter melhores resultados de atenção a saúde. “A equipe interdisciplinar é quando os profissionais trabalham com objetivo comum pela saúde do paciente, com comunicações formais e tarefas estruturadas”, disse Elizete Bachi. Dessa forma explicou que a interdisciplinar é diferente da equipe multidisciplinar, onde os profissionais atuam no mesmo local, mas sem relacionamento formal e objetivos comuns. Quanto a atuação das equipes, criticou dizendo que muitas vezes os trabalhos não são alcançados pela falta de organização racional e não pelas problemáticas relacionadas a falta de reID_CURSOs financeiros da instituição de trabalho, por exemplo. O papel do psicólogo nesse sentido estaria na função de analisar o grupo e discutir medidas que possam contornar as dificuldades. “Cada profissional tem o seu papel na equipe. Muitas vezes a luta pelo poder afeta o grupo e pode prejudicar inclusive o paciente”, questionou. Ela ainda reitera que o psicólogo tem como função principal ajudar a equipe a realizar a tarefa interna reflexiva para se manter produtiva. Mas ressalta que para o bom funcionamento do grupo é necessário que todos atendam os objetivos externos, que são os esforços das tarefas a serem desenvolvidas. Psicólogo na equipe Apesar de a interdisciplinaridade ser considerada como um desafio, envolvendo grande esforço da equipe, a psicóloga Giselle galego Ramos disse que comunicação entre os profissionais é um dos fatores mais importantes para alcançar o bem estar do paciente. “Por meio dos prontuários médicos, recados, enfim, é importante estabelecer o diálogo entre a equipe, pois o conhecimento de uma área auxiliar a outra”, explicou. O papel do psicólogo dentro da equipe, segundo a professora, seria pela visão diferenciada de entender as pessoas na sua subjetividade. Dessa forma, na medida em que o profissional tem as possibilidades, com as técnicas e reID_CURSOs de entender o que o paciente quer dizer, ouvir os questionamentos, torna-se mais prático conhecer o significado das causas que determinam os problemas de saúde. A professora destaca que a interdisciplinaridade só tem a contribuir para o paciente em sua evolução, como também para a saúde dos profissionais e ao ambiente de trabalho. Mas para que isso aconteça, enfatiza que os psicólogos devem estar atentos para a humildade, criatividade e ética para superar obstáculos, lembrando que as vaidades podem ser o principal inimigo para o sucesso profissional. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran