Congresso de Educação Física traz progressos para a profissão.

As aulas de Recreação, do prof. Darci Orso (centro), foram um verdadeiro ID_CURSO de como elevar a auto-estima das pessoas de todas as idades.
Na opinião dos participantes inscritos e palestrantes, o "I Congresso de Educação Física, Ética e Saúde" trouxe colaborações preciosas para a Educação Física na região de Dourados. O evento, realizado pela UNIGRAN juntamente com o "I Congresso Estadual de Educação Física e Esportes" foi encerrado neste sábado, com a palestra "Ética e Educação", da professora Maria de Fátima Josgrilbert, doutoranda em Educação pela PUC/SP, tendo como fio condutor, a idéia de que a Ética e a Educação formam um nó difícil de ser desatado. "Existe uma pressão muito grande de se adaptar as necessidades do ensino às demandas econômicas; ou seja, o ensino acaba seguindo as receitas do mercado, marginalizando-se a cultura humanística, em prol de uma cultura técnica", define. Essa temática foi posta em debate na mesa-redonda com a finalidade de contribuir para a formação de professores atentos à ética profissional; isto é, comprometidos com os ideais de saúde que orientam a Educação Física. O debate contou, também, com a presença do professor Silvio Lobo, mestre em Educação Física e Direito, e da professora-mestra do ID_CURSO de Medicina da UFMS, a nutricionista Vivian Rahmeier Fietz. A professora Vivian Rahmeier, inclusive, ministrou um dos cinco ID_CURSOs desenvolvidos durante o Congresso: "Educação Alimentar e Atuação Fisioterápica no Treinamento". Esse ID_CURSO da área de Nutrição, abordando os ID_TIPOs e as características dos alimentos e a reposição energética, reflete a interdisciplinaridade que envolve a Educação Física moderna. A mesma proposta interdisciplinar justifica a realização do ID_CURSO "A Atuação Fisioterápica no Treinamento", ministrado pelo professor do ID_CURSO de Fisioterapia da UNIGRAN, fisioterapeuta Renato Rodrigues Melo. Na área da preparação física, propriamente, o ID_CURSO "A Prática da Fisiologia do Exercício" mostrou como a biotecnologia esportiva pode produzir atletas capazes de correr intensamente durante os 90 minutos de uma partida de Futebol, tomando-se como exemplo o esporte mais conhecido dos brasileiros. "Observem o vídeo tape de um jogo decisivo de 15 ou 20 anos atrás; os jogadores andam em campo no final, e comparem com uma partida de hoje. Os jogadores correm do início ao fim", exemplifica o professor de Educação Física Alex Oliveira da Silva, de Campinas, SP, mestrando em Fisiologia do Exercício. Atualmente, em todos os esportes, a preparação física de atletas é programada cientificamente, segundo as suas aptidões físicas e técnicas sofisticadas. Durante o ID_CURSO, os participantes conhecerem um pouco mais sobre os princípios básicos que estão por trás desses programas e os equipamentos de alta tecnologia que permitem diagnosticar as condições físicas de um atleta, planejar o treinamento, bem como quantificar e comparar a evolução de seu rendimento e das suas condições cardio-vasculares. O aspecto fisiológico da atividade física foi tratado também com riqueza de detalhes pelo professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Doutor Luís Fernando Kruel, que dirige um grupo de estudos e pesquisas sobre exercícios na água desde 1986. Trabalhando inicialmente com crianças asmáticas, ele participou de uma série de pesquisas que se estenderam às chamadas populações especiais, que inclui pessoas obesas e da terceira idade. No ID_CURSO de "Hidroginástica para Populações Especiais e Caminhadas em Águas Profundas", o professor Fernando Kruel explicou as reações fisiológicas do organismo dentro d’água antes de partir para a parte prática do ID_CURSO. Ele afirma que é muito importante conhecer os efeitos da pressão da água sobre o sistema cardio-respiratório, e os mecanismos de perda de calor e de estímulos reflexos do organismo, entre diversas reações que podem ocorrer durante a prática de exercícios aquáticos. "A idéia desse ID_CURSO foi mostrar aos profissionais e aos estudantes de Educação Física como eles podem prescrever dentro d’água e quais os cuidados que eles devem ter", explicou, acrescentando que os exercícios feitos na piscina trazem os benefícios cardio-circulatórios que a atividade física proporciona, sem os malefícios dos impactos articulares. O Doutor Kruel elogiou a iniciativa da UNIGRAN em realizar o "I Congresso de Educação Física, Ética e Saúde", dizendo-se bem impressionado com o interesse demonstrado pelos participantes e com o nível das perguntas feitas a ele ao longo do ID_CURSO. "A participação dos alunos foi muito boa e me surpreendeu positivamente. Eu acho extremamente importante proporcionar atividades como esse Congresso que tem, por um lado, a formação profissional através dos ID_CURSOs e, por um outro, a iniciação à pesquisa e à produção de conhecimento; isso é extremamente importante num país como o nosso. A Universidade (UNIGRAN) está de parabéns em fazer esse Congresso", elogiou. O professor Darci Orso, pós-graduado em Educação Física Infantil e com doutorado em Educação Física na Espanha, também destacou a participação dos alunos do ID_CURSO de “Recreação”, um dos mais concorridos do Congresso. "A receptividade dos alunos é espetacular, tudo que se propõe eles querem fazer mais e mais. Isso acende uma chama na gente que está sempre se doando, mas que também precisa recarregar as baterias e, aqui, a gente está recarregando as pilhas porque o entusiasmo dos alunos nos enche de energia positiva", disse interrompendo a aula por instante para conceder a entrevista. No ID_CURSO de Recreação, é até possível falar em gasto de energia, mas em perda, jamais. Nesse ID_CURSO, a teoria foi ensinada em sincronia com o fazer: brincando, correndo, cantando, abraçando os colegas e rindo sem parar um minuto sequer. Como pano de fundo das atividades lúdicas, estão conceitos de desenvolvimento da noção de espaço, macro-ginástica, direção, lateralidade, lógica, afetividade, atenção, percepção, equilíbrio dinâmico, freio inibitório, agilidade, socialização, carinho e amor. Para Darci Orci, Recreação é qualidade de vida. "No esporte de alto nível, a gente começa a selecionar, na Recreação a proposta é todo mundo jogando, todo mundo participando, ninguém perde com a Recreação. O profissional de Educação Física deve passar alegria e vontade de viver para os seus alunos. Nós não precisamos de muitos sábios, não; nós precisamos é de gente que tenha o coração, que tenha amor para dar e não um empurrão, uma violência; sem esquecer de resgatar as coisas antigas. Brincar de roda? Por que não? A tecnologia é necessária nos dias de hoje, mas computador não dá colo, não dá abraço", entusiasma-se o professor. A linha de trabalho do professor Darci Orso segue na direção da recuperação do espaço perdido pela Educação Física nas Escolas, como defende o Doutor Valdir José Barbanti, diretor da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. O Doutor Barbanti prestigiou o "I Congresso de Educação Física, Ética e Saúde" da UNIGRAN, proferindo a palestra de abertura do evento e ministrando o ID_CURSO de "Treinamento Desportivo". "Eu penso que nós perdemos muito campo na área escolar, mas por outro lado nós ganhamos muito com o reconhecimento da população a respeito do valor da atividade física e do esporte. Eu acredito muito que, hoje, a nossa profissão tem um valor social maior, principalmente na fase adulta e na fase mais avançada; mas eu tenho que dizer, de uma maneira triste, que o mesmo não acontece com as crianças e jovens pelo fato de a Educação estar um pouquinho em baixa no nosso país, a Educação Física nas escolas também continua dentro mesma perspectiva, lamentavelmente, porque a criança é a que mais necessita do nosso apoio, da nossa ajuda na parte educacional", declarou Barbanti. Os acadêmicos e profissionais entrevistados consideraram uma grande honra ter aula com um dos grandes expoentes da Educação Física no país, ao que o professor retribuiu com a mesma elegância. "Eu penso que as pessoas daqui são extremamente interessadas em conhecer aquilo que a nossa profissão tem mostrado. A profissão da Educação Física e do Esporte está em constante evolução, a cada dia surgem novos conhecimentos e o pessoal daqui é muito receptivo, eu gostei muito, acho que o pessoal está muito interessado e que há uma curiosidade muito grande a respeito daquilo que nós temos falado", disse. Sobre o Congresso encerrado no sábado, o Doutor Barbanti declarou: "Como primeiro Congresso, ele tende a crescer, mas é bom que ele já nasça dentro de certas características, dentro de uma regularidade, dentro de uma coisa bastante séria e aqui a coisa não é feita com intuito comercial, mas sim de forma científica; portanto, com interesse de trazer uma contribuição a essas pessoas que estão aqui tentando ser mais competentes naquilo que fazem. Então, eu estou impressionado, acho que é um grande começo da região e que esse Congresso não é só da UNIGRAN, é um evento regional e eu estou muito satisfeito porque vai trazer grandes progressos para a profissão aqui nessa região".

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran