Jornada Acadêmica celebra 20 anos do curso de Nutrição da UNIGRAN

O evento reuniu profissionais e acadêmicos para troca de conhecimentos

Jornada Acadêmica contou com diferentes oficinas práticas

Aconteceu, durante os dias 26 e 28 de outubro, a Jornada Acadêmica de Nutrição da UNIGRAN. Neste ano, além de proporcionar troca de conhecimento entre profissionais e acadêmicos, o evento comemorou os 20 anos do curso da Instituição.

O objetivo do encontro é proporcionar uma visão sobre as atividades realizadas pelo nutricionista, nas diversas áreas de atuação, bem como promover e ampliar o contato com profissionais especialistas. Além disso, os acadêmicos participam de oficinas práticas para que possam vivenciar a atuação do profissional.

Porém, neste ano, a Jornada também visou comemorar os 20 anos de criação do curso. A coordenadora de Nutrição, Aline Victório Faustino Onishi, ressaltou que nestas duas décadas, a Instituição formou centenas de nutricionistas, que mudaram o cuidado com a saúde em Dourados.

“A chegada do curso de Nutrição em Dourados certamente modificou o cuidado com a saúde das pessoas. Em 20 anos, com mais de 500 nutricionistas formados, atuantes em Dourados, região, no Brasil e alguns até fora do país, com um objetivo comum de melhorar a qualidade de vida por meio da alimentação, o que muitas vezes dispensa o uso de medicamentos ou um tratamento mais invasivo”, comentou a coordenadora.

Neste 20º aniversário, a Nutrição da UNIGRAN soma conquistas. Atualmente ocupa a 15ª posição no ranking de melhores cursos do Brasil e o 1º lugar no MS, de acordo com o Ministério da Educação – MEC. “Nossos egressos atuam em diversas áreas e exercem a missão da profissão com muita competência, levando o nome da UNIGRAN por onde passam”, completou Aline.

Abertura

Para iniciar a Jornada, a coordenadora convidou o professor adjunto na Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, Ricardo Fernandes. Ele ministrou palestra com o tema ‘Microbiota Intestinal e implicações na saúde’.

A microbiota intestinal é uma variada comunidade de microrganismos existentes no corpo humano que, segundo o palestrante, é considerado como um outro órgão, além dos que já conhecemos. “E, de fato, a gente pode considerar a microbiota como se fosse um outro órgão, porque a microbiota tem uma série de interações com o nosso organismo de forma muito peculiar. Que somente ela faz e que os outros órgãos não fazem”, explicou.

O palestrante apontou que muitos cientistas têm se interessado pelo assunto, buscando entender como funciona a microbiota, com isso, nutricionistas têm estudado mais sobre o tema. “Então, isso é algo que tem despertado interesse de cientistas em todo o mundo, de profissionais de saúde, principalmente de Nutrição que querem trabalhar com este assunto dentro da prática profissional, seja na saúde pública, seja em consultório e em uma avaliação individual, seja inclusive na indústria e comércio de alimentos”, afirmou.

Ricardo ainda constatou que a microbiota é um assunto emergente e que, por isso, acha importante ter esta troca de informações com os acadêmicos, para que mais pessoas se interessem pelo tema.

“A troca de informações com os acadêmicos e futuros profissionais é muito importante porque é tema que está em alta. Muitas pessoas buscam conhecer mais sobre microbiota intestinal, porém ainda temos pouco conhecimento sobre este assunto. Por isso, esta troca de conhecimento entre acadêmicos, profissionais e pesquisadores é importante, para que a gente possa avançar nessa área do conhecimento”, comentou.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran