03/12/2019 Atualizado há 8 mes(es)

Unei Laranja Doce ganha campo suíço com o apoio da UNIGRAN

Professor Wolmer e as alunas no local onde está sendo construído o campo de futebol suíço, na Unei Laranja Doce

No próximo ano letivo os alunos da Unei – Unidade Educacional de Internação Laranja Doce, em Dourados, vão ter à disposição um campo de futebol suíço para utilizarem nas aulas de Educação Física. A necessidade da estrutura surgiu após a instituição ter implantado um projeto de ressocialização dos adolescentes que utiliza o esporte.

Segundo o professor de Educação Física da Unidade, Marcos Alves Queiroz, a parceria com a UNIGRAN foi fundamental para a conquista. “O projeto vem sendo realizado há alguns anos, porém, agora decidimos ampliá-lo considerando os excelentes resultados com os internos. Para isso, identificamos a necessidade de um campo de futebol suíço para iniciarmos as aulas de futebol e então buscamos firmar parcerias com algumas instituições para que isso fosse possível, como a UNIGRAN, que está nos dando todo o suporte técnico com professores e acadêmicos do curso de Engenharia Civil”, explicou.

Outro parceiro muito importante para a construção do campo é o Governo do Estado, que por meio da Agesul, está fazendo a terraplanagem do local e também irá executar a obra.

Wolmer Sitadini Campagnoli, professor do curso de Engenharia Civil, falou sobre as etapas da obra. “Fomos procurados pela direção da Unei para ajudar na construção do campo e prontamente atendemos o pedido e montamos a equipe com quatro alunas. Em seguida, estivemos no local e fizemos os levantamentos técnicos necessários e então, iniciamos a elaboração do projeto e a sua viabilidade construtiva. Depois, relacionamos todos os equipamentos e materiais que serão necessários e a direção da Unei iniciou um processo de captação, que já foi concluído, e agora vamos iniciar a segunda etapa que é a execução do projeto, que será feito pela Agesul, com a supervisão das acadêmicas do último ano”, disse.

A equipe de trabalho da obra é formada pelas acadêmicas Ingrid Thaís Lazarini Teixeira, Letícia Gaspar Farias, Natiele Kuttert Soares e Vanessa Nery Sperândio, do décimo semestre.

As alunas destacaram que o projeto de extensão está complementando a formação e vai ajudar muito na futura atuação profissional, como apontou Letícia Farias. “Além da contribuição social, participar desse projeto está sendo uma excelente oportunidade de colocarmos em prática o conhecimento teórico que tivemos durante a graduação. É na prática que a engenharia se faz, então, participar desse projeto está sendo muito enriquecedor e vai nos garantir um currículo diferenciado”, concluiu.

O campo também terá uma arquibancada ecológica, feita com pneus reciclados, idealizado pela equipe.

ENGENHARIA CIVIL
UNEI
PROJETO DE EXTENSÃO