19/12/2019 Atualizado há 7 mes(es)

Parceria entre UNIGRAN e ACCGD garante atendimento odontológico gratuito no Hospital do Câncer

Há sete anos, a UNIGRAN oferece gratuitamente atendimento odontológico à pacientes em tratamento oncológico, no HC - Hospital do Câncer de Dourados. O serviço é resultado de uma parceria entre a instituição e a ACCGD - Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados, firmada no ano de 2012.

Para a realização dos atendimentos, a UNIGRAN doou a Clínica Odontológica para o HC e desde então, disponibiliza profissional que atende pacientes dos 32 municípios do Cone Sul de Mato Grosso do Sul, que se encontram nos estágios pré, trans e pós tratamento oncológico, seja quimioterápico e/ou radioterápico.

Todos os anos, são realizados cerca de mil atendimentos odontológicos que beneficiam pacientes encaminhados pelo Centro de Tratamento do Câncer de Dourados, do SUS – Sistema Único de Saúde.

Bruno Shinma, professor da UNIGRAN que realiza os atendimentos, explicou sobre a parceria. “O atendimento odontológico aqui no Hospital do Câncer é resultado da parceria entre a UNIGRAN, a ACCGD e o próprio Hospital. A doação da Clínica Odontológica e o início dos atendimentos surgiu após a instituição tomar conhecimento do déficit desse serviço no Hospital, o que comprometia o tratamento de muitos pacientes. Então, a mantenedora decidiu dar esse apoio, garantindo assim mais qualidade de vida durante o tratamento oncológico”, falou.

Segundo a coordenadora do curso de Odontologia, Camila Zeuli, o atendimento evita a interrupção do tratamento de muitos pacientes. “É extremamente importante que a equipe multiprofissional do Hospital do Câncer tenha um cirurgião dentista, especializado em pacientes oncológicos. Por meio de muitos procedimentos realizados aqui, conseguimos diminuir a possibilidade de quadros infecciosos, promovendo mais saúde e qualidade de vida a esses pacientes, evitando em muitos casos que o tratamento radioterápico ou quimioterápico seja interrompido. Com isso, o atendimento odontológico contribui e melhora a resposta do tratamento oncológico desses pacientes”, disse.

Ainda segundo ela, o atendimento odontológico em pacientes oncológicos é uma área em expansão e por isso, o consultório também recebe alguns acadêmicos que têm interesse em atuar cm esses pacientes para a realizar estágio e se especializar.

Luciane Aparecida dos Santos, de 42 anos, teve câncer de mama e recebe o atendimento odontológico há mais de um ano. “ Eu descobri e iniciei o tratamento do câncer há cerca de dois anos. Foi um período de muitas dificuldades porque a quimioterapia deteriorou muito meu organismo, meus dentes enfraqueceram, quebraram e eu sentia muita dor de dente. Ter o atendimento odontológico aqui no Hospital me ajudou muito, principalmente feito por um profissional especialista na área oncológica, que compreende a nossa necessidade. Durante o tratamento, seja de quimioterapia ou radioterapia, nossa imunidade fica muito baixa e é preciso ter muita cautela. Já terminei as sessões de radioterapia há cerca de três meses e continuo sendo atendida pelo doutor Bruno. Torço para que esta parceria continue beneficiando as pessoas em tratamento contra o câncer, nesse período tão difícil da vida”, apontou.

Uma das mais graves complicações da radioterapia utilizada para o tratamento do câncer na região de cabeça e pescoço é a osteorradionecrose, como explicou a médica Keila Kaori Andreatta, que atua há nove anos no HC. “A maioria dos pacientes com câncer são sedentários e por isso, geralmente tem osteoporose durante o tratamento. Diante disso, o médico oncologista prescreve alguns medicamentos como os bifosfonatos, aledronato e isometa, que podem resultar posteriormente, caso não haja o acompanhamento odontológico, em ostiorradionecrose na boca. Por isso, tanto a avaliação odontológica pré e durante o tratamento é muito importante. Ao avaliar os pacientes, o dentista identifica a necessidade de fazer uma restauração, faz aplicação de flúor e normalmente retira algum dente que tem causado algum processo infeccioso na boca para que o paciente possa iniciar o tratamento oncológico com segurança. Agradeço muito a UNIGRAN por ter colocado aqui no Hospital um profissional na área de odontologia, que tem atendido todos os pacientes, evitando complicações durante a radioterapia e melhorando a qualidade do tratamento”, falou.

A parceria com a ACCGD é uma das ações que mostra a sólida política de responsabilidade social da UNIGRAN, que somada a outras nas áreas da saúde, assistência social, educação e meio ambiente, a destacou e a tornou referência entre as Instituições de Ensino Superior do país.

A clínica Odontológica da UNIGRAN no Hospital do Câncer foi inaugurada durante a V Jogran - Jornada Acadêmica de Odontologia da UNIGRAN, em novembro de 2012.

Os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira, no período matutino. No ano passado, foram realizados 1.037 atendimentos.

Mais informações sobre o atendimento odontológico podem ser obtidas no telefone (67) 3421-8157. O Hospital do Câncer está localizado na rua Cuiabá, número 2525, no centro de Dourados.

ODONTOLOGIA
ATENDIMENTO