13/05/2021 Atualizado há 30 dia(s)

Nutrição da UNIGRAN faz doação de cestas básicas arrecadadas durante estágio supervisionado

Ação mobilizou acadêmicos do 7º semestre de Nutrição e beneficiou dezenas de famílias

Muitas experiências adquiridas no ambiente de estágio são levadas para a vida toda. Este foi o caso dos acadêmicos do 7º semestre de Nutrição da UNIGRAN que, durante o Estágio Supervisionado em Saúde Coletiva, se sensibilizaram com as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade e organizaram a arrecadação de alimentos para serem doados na comunidade da Unidade Básica de Saúde – UBS – de uma região de Dourados. A turma formada por 12 estagiários montou cerca de 40 cestas básicas e 60 dúzias de ovos.

A supervisora de estágio em Saúde Coletiva, professora Maria Aparecida Polonio Paulatti, conta que as estudantes ficaram sensibilizadas com uma situação que ocorreu dentro da unidade básica de saúde quando faziam o estágio. “Quando as alunas levaram algumas frutas para apresentação do projeto de educação nutricional e as crianças que lá estavam pediram porque estavam com fome, e daí surgiu a ideia de organizarmos essa ação”, diz.

Os estudantes arrecadaram alimentos e dinheiro para montar as cestas. “Em meio à crise que o mundo vem enfrentando, a solidariedade tem aparecido como uma forma de deixar as coisas menos difíceis para todos, principalmente aos grupos de maior vulnerabilidade socioeconômica”, ressalta Maria Paulatti.

Annelizi Rodrigues Freire Azambuja, uma das acadêmicas que organizou a doação das cestas, menciona que foram acolhidas famílias que estão sendo acompanhadas pelos agentes comunitários de saúde, além de outras famílias dos bairros próximos. “Recebemos apoio, pedimos colaboração de amigos, familiares e pelas redes sociais para a doação de alimentos e colaboração monetária, e assim, conseguimos realizar a ação. Esse projeto realizado foi importante por acolher e ajudar famílias que vivem em condições precárias, que utilizam a UBS para tratamentos e acompanhamentos de patologias”, comenta.

A estudante descreve a ação com carinho e afeto demonstrados ao próximo. “Foi uma ajuda significativa, mesmo que de modo simples, pois contribuímos com mais de 40 famílias. A ação trouxe gratidão pelo empenho, por ajudar quem precisava, e nos faz analisar a realidade do país em que vivemos, onde tem grande índice de desigualdade. E, para minha formação acadêmica, me acrescentou o incentivo de sempre querer melhorar como profissional e como humana, tentando fazer o que posso com o que eu tenho, pois, o pouco que fazemos, muda tudo para quem recebe”, reitera Annelizi Azambuja.

A acadêmica Amanda Corrêa Barrios também contribuiu com a organização do projeto e associa o estágio às dificuldades da comunidade pela qual estavam atendendo. “Em meio a uma conversa, chegamos à conclusão que queríamos ajudar essas pessoas de alguma maneira. Esse tipo de ação foi de suma importância tanto para minha vida pessoal quanto acadêmica, me fez acreditar que, quando queremos, podemos contribuir para melhorar algo na vida das pessoas, mesmo que seja de um modo simples”, garante.

Amanda Barrios destaca ainda a representatividade do ato de ser solidário. “Ver aquelas pessoas sorrindo e nos agradecendo pelo alimento foi de grande importância. Creio que essa ação contribuiu para que fizéssemos uma reflexão sobre a realidade de muitas famílias e nos mostrar também o valor de dividirmos, mesmo que tenhamos pouco. Tenho certeza que essa ação pode servir de exemplo para muitas pessoas”, declara.

A iniciativa contou com o apoio com o curso de Odontologia que ajudou doando escovas, pastas de dente e fio dental; com a empresa Skautomotive que doou 11 cestas e ainda, produtores da agricultura familiar também doaram caixas de bananas e de batata doce.

NUTRIÇÃO
AÇÃO SOCIAL
ESTÁGIO