06/04/2021 Atualizado há 5 dia(s)

Egressa e professores da Unigran Capital publicam artigo em revista científica

A revista Brazilian Applied Science Review publicou, no mês de março, artigo sobre Prevalência das hepatites virais no Brasil escrito por pesquisadores do Centro Universitário Unigran Capital. 

O artigo ‘Prevalência das hepatites virais no Brasil em paralelo às medidas estabelecidas pela Organização Mundial Da Saúde, com foco nos tipos B e C — Prevalence of viral hepatitis in Brazil compared to measures controlled by the World Health Organization, focusing on types B and C — é fruto do trabalho de conclusão de curso da egressa em biomedicina da Unigran Capital Thais Amanda Rodrigues Gonçalves, com os professores da Unigran Capital: Renata Matuo (Doutora em Biologia Celular e Molecular pela UFRGS); Patrícia Cintra (Mestre em Ciência dos Alimentos pela USP); Maicon Matos Leitão (Doutorando em Ciências da Saúde pela UFGD); Vinicius Soares Oliveira (Doutorando em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste pela UFMS); e Bruna Kuhn de Freitas Silva (Mestre em Biotecnologia pela UCDB) discente da UNISOCIESC.

Produzir um artigo científico é uma forma de contribuir com a comunidade através do conhecimento, descoberta e desenvolvimento de novas técnicas e análises embasados e comprovados na ciência. Para o coordenador do curso de Biomedicina da Unigran Capital, Maicon Leitão, essa publicação reflete a capacidade que a Unigran Capital e seu time de docentes têm em formar profissionais com capacidade técnica e científica de qualidade dentro de sua área de formação.

“Como docente e pesquisador, é muito gratificante poder desenvolver a pesquisa junto a nossos acadêmicos. Ver o crescimento técnico-científico que nossos alunos alcançam no nosso curso, de fato é algo recompensador. Assim como no trabalho de conclusão de curso, temos excelentes artigos produzidos em nosso Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC, em diversas áreas do conhecimento, por alunos do primeiro ao último ano do curso”, afirmou o coordenador.

As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Trata-se de uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves, tendo como principais as Hepatites A, B, C, D (Delta) e E. O trabalho teve por objetivo analisar a prevalência das hepatites virais no Brasil, com foco nos vírus VHB e VHC e a correlação dessas patologias em um estudo de caráter epidemiológico descritivo, cuja fonte é o banco de dados do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN), tendo base os anos de 2016 a 2018, por meio da comparação da notificação dos casos nesse período.

“Após a análise dos dados, foi possível inferir que apesar de o número de novos casos não apresentar uma queda considerável, os óbitos reduziram de maneira expressiva, especialmente os causados por Hepatite C. Visto que o Brasil se comprometeu a adotar os objetivos propostos, ao analisar os dados dispostos pelo Ministério da Saúde podemos observar que a facilitação ao tratamento para HBV e HCV mostrou resultados na queda dos óbitos e que a preocupação com a vacinação e com o diagnóstico mais eficiente, mostra seus resultados na diminuição dos novos casos”, descreve o artigo.

A Brazilian Applied Science Review trata-se de uma publicação bimestral cujo objetivo é difundir o conhecimento na área das pesquisas em ciências aplicadas por meio da publicação de artigos científicos, que apresentem contribuições originais, tanto de natureza empírica quanto teórica.

Leia o artigo completo acessando: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BASR/article/view/27064/21400

BIOMEDICINA