18/12/2018 21:24

Durante visita técnica, acadêmicos conhecem a gastronomia de Bonito

Acadêmicos de Gastronomia durante visita técnica em Bonito

Em uma viagem turística, qual o ponto principal para sua escolha do local: belezas naturais, vida noturna, comércio, aventura ou gastronomia? Bonito (MS) é uma cidade conhecida internacionalmente e um de seus principais atrativos é a alimentação. São bares, restaurantes e resorts famosos pela gastronomia. Pensando nisso, os acadêmicos do 2º semestre de Gastronomia da UNIGRAN, sob a orientação da professora Jane Martins Lima, fizeram uma visita técnica no município.

Foram dias de muito conhecimento, aprendizado, amizades e parcerias, conforme a professora Jane Lima. A agenda dos estudantes foi desde uma palestra sobre “Modelo de turismo de Bonito”, com o presidente do Conselho Municipal de Turismo de Bonito – Comtur, Cícero Ramos Peralta, até visitas no Restaurante Casa do João, Gruta do Lago Azul, Juanita Restaurante e Zagaia Eco Resort.

“Propomos a visita técnica como uma forma de visualizar na prática uma cidade que é polo internacional no segmento do ecoturismo, para que os alunos pudessem perceber como é a gestão do turismo, como ele é aplicado, já que Bonito é uma referência nacional e também conhecer um atrativo turístico formatado, como por exemplo, a Gruta do Lago Azul”, menciona Jane Lima.

A professora ressalta que foi apresentado aos acadêmicos o funcionamento do voucher único, um sistema implantado em que todos os passeios e atrativos são gerenciados por uma agência credenciada. “Esse trabalho é unificado, gestão pública e privada, é uma organização do turismo. E o estudante precisa entender este processo que traz benefícios e lucros”, afirma.

Bonito é um modelo que começou certo e funciona, assegura Lima. “Quando pensamos em turismo, ele não existe sem a parte da alimentação. Uma cidade para realmente ser acolhedora, hospitaleira, ela precisa oferecer todos os seus serviços de forma muito profissional e de muita qualidade, e um dos principais pontos disso é a gastronomia. Quando a pessoa chega a um destino turístico, muitas vezes é especificamente pela gastronomia, outras por diferente motivo, mas a gastronomia complementa”, destaca.

A professora, que é turismóloga, garante que um dos tripés do turismo são o transporte, a hospedagem e a alimentação. Em Bonito, além da contemplação das belezas naturais, o turismo encontra um setor gastronômico estruturado, organizado e de qualidade. “É um mercado próximo de nós, para os alunos, com um potencial relacionando o ecoturismo e a alimentação, como em diferentes pratos preparados com peixe. A gastronomia paralela às belezas naturais é um atrativo para Bonito”, avalia Jane Lima.

O acadêmico Cacá Brasil menciona que foi uma experiência muito boa, pois ele e os colegas tiveram a oportunidade de conhecer toda a estrutura de um hotel resort. “Eles servem café da manhã, almoço e jantar, tem uma cozinha muito bem montada. Vimos como funciona um novo sistema que estão implantando de Cook Chill, que são preparos rápidos, o que não tem em toda aquela loucura da cozinha tradicional”, cita.

Brasil destaca ainda a estrutura da cidade, com restaurantes conceituados e de qualidade. “Notamos que a estrutura gastronômica de Bonito ultimamente deu um salto muito grande, principalmente com a chegada de alguns chefs de cozinha que estão em hotéis e em restaurantes, que é uma nova forma de pensar: regional, mas com técnicas e elementos da gastronomia mundial”, enfatiza.

Segundo o estudante Hebert de Souza Vieira, a experiência da visita técnica foi extraordinária. “Vivenciamos todo conteúdo ministrado na matéria de hospitalidade, e outras matérias, inclusive como gestão de alimentos e bebidas. A palestra ministrada pelo Chef Felipe Caran, responsável pelo restaurante Casa do João, de fundo motivadora e alusiva à superação que a família passou, comprova a importância da hospitalidade e recebimento do cliente, influenciando principalmente no resultado financeiro”, lembra.

Vieira avalia que todos puderam enriquecer a formação profissional com dados, experiências e construção da maneira como o profissional de gastronomia deve administrar seus negócios. “Outra enriquecedora experiência foi no Zagaia Resort, onde estão implantando o sistema de Cook Chill e Cook Freezer, o primeiro hotel do Brasil a iniciar os trabalhos com este tipo de cozinha, onde o aproveitamento e eficiência é elevado”, finaliza.

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran