25/06/2018 09:03

Primeiro Hackathon Unigran envolveu 64 alunos de quatro cursos

Acadêmicos formaram oito grupos que, durante 48h, em regime fechado, criaram soluções para três temas distintos

Maratona gerou um clima de competição muito sadio, que estimulou todos a darem o seu melhor

Foram 48h de intensa atividade criativa nas quais acadêmicos dos cursos de Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Engenharia de Software e Publicidade e Propaganda da Unigran criaram soluções para os temas 'cidade inteligente, saúde e educação'. Ao todo, 64 alunos, divididos em oito grupos, permaneceram nas dependências da Instituição durante este período, com o objetivo de apresentarem ideias reais para os temas sugeridos neste primeiro Hackathon Unigran.

Durante o “internato” os participantes foram acompanhados por 13 empresários, 22 mentores, 12 professores e dois investidores de renome nacional, estes que mostraram através da sua trajetória que existe sim uma formula metodológica do sucesso, mesmo que o tema seja dos mais subjetivos do mundo e repleto de infindáveis variáveis. Nesta jornada os grupos tiverem cinco oficinas em diferentes áreas, como gestão de finanças, marketing e programação de aplicativos para dispositivos móveis.

Mas afinal de contas, o que é Hackathon? O conceito tem origem nos anos 90, quando programadores se reuniam em uma incansável maratona até que determinado objetivo fosse alcançado, que normalmente se tratava do desenvolvimento de um software ou então um desafio hacker para quebrar algum protocolo de segurança. Eventos dessa natureza normalmente são patrocinados por alguma empresa ou investidor, que geralmente concede prêmios em dinheiro aos vendedores.

No filme 'A Rede Social', baseado na história do Facebook, há uma passagem na qual acontece um típico Hackathon, um termo que nada mais é que a fusão das palavras hacker e marathon (maratona). Porém, passamos alguns anos o conceito atualmente tem uma maior abrangência, agregando também outros segmentos, como foi o caso deste ocorrido na Unigran, que englobou profissionais e acadêmicos de áreas distintas, mas com um objetivo comum.

Os grupos

A equipe Tecno apresentou o aplicativo Rank, que auxilia empresas do ramo de cursinhos preparatórios para concursos públicos. Já o grupo Moni mostrou um produto homônimo, uma ferramenta digital de prevenção dos principais males que acometem os trabalhadores, o que segundo os criadores fará as empresas gastarem menos com o plano de saúde dos funcionários a médio e longo prazo.  

Ainda no tema saúde, os membros do Stepahead idealizaram o aplicativo Farma em Dia, que visa estreitar o elo entre as farmácias e os consumidores, aos mostrar para estes o estabelecimento mais próximo de sua residência, assim como o preço de determinado medicamento em cada farmácia. Além disso, é capaz de mostrar se há serviço de entrega e qual o custo desta comodidade. Também realiza o controle de estoque dos medicamentos do usuário, funcionalidade que se baseia em dados alimentados pelo paciente.

Já os Octopus se voltaram para o tema 'cidade inteligente' e através do aplicativo Basket irão criar uma rede de incentivo a reciclagem, na qual os usuários trocarão o lixo reciclável por pontos, em um sistema parecido com o método de recompensa dos cartões de crédito. Mais um que se embrenhou no tema saúde foi a equipe Watson, que criou o aplicativo Mobilitas para auxiliar as pessoas com dificuldade de mobilidades, ao apresentá-las um mapa da acessibilidade das cidades, mostrando, por exemplo, quais ruas tem rampa de acesso a cadeirantes, entre outras benfeitorias necessárias para este público.

O grupo que garantiu a "medalha de bronze" nesta competição foi o 9idade, que se arriscou em uma área pouco explorada – a educação financeira para crianças – que por meio do aplicativo Walu serão introduzidas ao tema já aos cinco anos, utilizando para tal diversos jogos intuitivos e interativos que irão cimentar na consciência do indivíduo a necessidade de manter as finanças no azul.

Já a segunda posição ficou com a equipe Great Developer, que parte da premissa de que a hipertensão arterial é a origem da maior parte dos males que afetam o homem moderno. Para subsidiar a ideia, o grupo apresentou diversos dados sobre a saúde mundial, como ao salientar que uma em cada sete pessoas sofre de pressão alta e boa parte delas não sabe que estão doentes. Partindo desta premissa o aplicativo 12/8 pode monitorar a pressão dos usuários de duas formas, sendo a primeira e mais funcional através de pulseiras bluetooth que enviam as informações automaticamente para o smartphone ou então de forma manual, com o usuário aferindo a pressão por meios convencionais e anotando o resultado na plataforma.

Mas os grandes vencedores desta primeira edição do Hackathon Unigran foi uma equipe de nome exótico, a 2x6y, criadora da revolucionária plataforma Re-Comerce, para compra, venda e troca de produtos considerados lixo eletrônico, criando assim a ponte entre os que possuem os itens inutilizados e aqueles que precisam dele. Desta maneira, produtos eletrônicos que já foram colocados para escanteio podem gerar algum retorno financeiro para seus proprietários, além é claro, de contribuir com o meio ambiente ao evitar que sejam simplesmente jogados no lixo comum.

De acordo com Fabiano Nagamatsu, diretor de inovação da Unigran, a avaliação foi muito positiva, o evento foi o assunto nas redes sociais e muitos participantes praticamente não dormiram durante esta jornada, tamanha era a competitividade entre os grupos. O diretor acrescenta que, na oportunidade, os participantes conheceram e entenderem de forma intensa como o mercado de hoje funciona, principalmente devido ao contato com empresários locais e investidores.

Todos os grupos passaram pelo crivo dos avaliadores, um quarteto formado por empresários e investidores de Dourados. O terceiro lugar foi premiado com o valor de R$ 300, já os membros do segundo melhor grupo irão dividir a quantia de R$ 700, enquanto o vencedor foi agraciado com R$ 1.500.

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran