29/05/2017 07:51

Acadêmicos de Produção Agrícola aprendem técnicas orgânicas de controle de pragas

Métodos conciliam baixo custo com o respeito ao meio ambiente, pois não utilizam pesticidas convencionais

Seminário foi apresentado pelos alunos do quinto semestre de Agronomia

Utilizando a horta plantada no ‘Cantão do Bosque’ (nova estrutura da UNIGRAN voltada aos cursos de engenharia), os acadêmicos do 1º semestre de Tecnologia em Produção Agrícola, tiveram um contato prático com técnicas orgânicas de controle de pragas. A ação também envolveu os alunos do 5º semestre de Agronomia e aconteceu no período noturno, tendo em vista que as plantações são todas iluminadas.

A ‘noite de campo’ foi organizada pela professora Cássia Leila Viana, que leciona a disciplina de Entomologia. A ciência em questão é uma das principais nos cursos voltados ao setor agrário, já que estuda os insetos e sua relação com o homem e, consequentemente, com as plantações.

Conforme a professora Cássia, a primeira noção que os estudantes precisam ter é que inseto não é necessariamente sinônimo de praga e eliminar todos não é a solução, já que algumas espécies são benéficas para determinados tipos de cultura. Ela explica que uma população de insetos só migra ao patamar de praga quando passa a competir com o homem, ou seja, no momento em que começa a gerar prejuízos para o produtor.

Os acadêmicos de Produção Agrícola aprenderam que é elementar o produtor (grande ou pequeno), manter um monitoramento constante do cultivo, de modo a detectar as possíveis pragas em seu início ou até antes de chegarem neste ponto, assim, evitando vultosos prejuízos na colheita. “Esse é mais um dos pontos no qual o profissional pode auxiliar o produtor a minimizar seus custos e maximizar a produção, ao realizar o trabalho de detecção e catalogação dos insetos que vivem no local e, assim, determinar quais são os bons, os ruins e se suas populações estão ou não em número adequado. E, se necessário, determinar a maneira como o controle pode ser feito”, explica Cássia.

Integração pedagógica

A professora Lovaine Fiel de Quevedo, que ministra a disciplina de Biologia Geral e Genética para o 1º semestre de Tecnologia em Produção Agrícola, baseando-se no desejo dos calouros em terem contato com a prática, surgiu esta oportunidade de integração interdisciplinar entre os cursos. Em parceria com a professora Cássia Leila organizaram essa visita à horta, na qual os acadêmicos do 5º semestre de Agronomia, com o auxilio dos professores, elaboraram e ministraram o seminário sobre as técnicas orgânicas de controles de pragas na agricultura.

Técnicas Orgânicas

Na horta experimental do ‘Cantão do Bosque’, uma das maneiras usadas para reduzir e controlar o número de insetos nas culturas é a chamada ‘bandeja colorida’, que se utiliza da atração visual que os insetos têm naturalmente por algumas cores. E, para respeitar o teor orgânico deste tipo de controle, dentro das armadilhas, há apenas água com detergente.

Diferentes formas de captação e eliminação também foram ensinadas, como armadilhas luminosas (que atraem os insetos através da luz) e a ‘calda de fumo’, um inseticida natural, porém, muito eficaz na eliminação de pragas. A calda é fácil e barata de ser produzida, não exige equipamentos de proteção para sua aplicação e garante a manutenção do status de ‘orgânico’ para os produtos cultivados com esta e outras técnicas ecologicamente sustentáveis.

O curso de Tecnologia em Produção Agrícola é coordenado pelo professor Mateus Luiz Secretti, tem duração de seis semestres e funciona no período noturno. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 99222-5948 (WhatsApp) e também no e-mail producaoagricola@unigran.br.

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran