10/06/2016 09:04

Enfermagem da UNIGRAN faz campanha de cadastro para doação de medula óssea

Acadêmicos de Enfermagem fazem cadastro para doação de medula óssea

A medula óssea é uma estrutura que fica dentro dos ossos do corpo, responsável pela produção das células do sangue e das células de defesa. O transplante é uma modalidade de tratamento, no entanto, é muito difícil achar um doador compatível e, por isso, o curso de Enfermagem da UNIGRAN promoveu uma campanha de cadastro para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea – REDOME.

O transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de cerca de 80 doenças em diferentes estágios e faixas etárias. Segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA, as chances do paciente encontrar um doador compatível são de 1 em cada 100 mil pessoas, em média.

Tatiana Vallezzi Cavichioli, coordenadora do curso, explica que é importante a conscientização da doação. “Fizemos essa atividade para os nossos acadêmicos com o objetivo de conscientizá-los sobre a doação, para ajudar o próximo. Sabemos do trabalho do Hemocentro, e vimos que essa seria uma forma de conseguir um número maior de doadores. Quanto mais pessoas fazem cadastro, mais chance alguém tem de receber o transplante”, considera.

A coleta do sangue foi feita por profissionais do Hemocentro de Dourados. Ione Araki Biancatelli, assistente social do órgão, esclarece que é preenchida uma ficha com os dados pessoais do doador e coletada uma amostra de 5ml de sangue para ficar no REDOME. “Qualquer pessoa que queira se doador pode se cadastrar, para doação de medula não tem nenhum pré-requisito. E é importante para salvar vidas, porque como é muito difícil achar um doador compatível com o paciente. Quanto mais doadores tivermos, mais possibilidades de salvar vidas com a doação”, destaca.

Os principais beneficiados com o transplante são pacientes com leucemias originárias das células da medula óssea, linfomas, doenças originadas do sistema imune em geral, dos gânglios e do baço, e anemias graves (adquiridas ou congênitas), entre outras doenças.

Serviço

É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea nos hemocentros. Em Dourados, o Hemocentro Regional fica na Rua Waldomiro de Souza, nº 295, na Vila Industrial. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3424-4192/0400.

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran