14/05/2015 07:36

Evento em Dourados debate tecnologia e inovações científicas no Agronegócio

2º CNAGRO reuniu estudantes, empresários, produtores e profissionais da área

CNAGRO trouxe o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica de MS, Eduardo Riedel, para ministrar palestra

Nesta semana, a UNIGRAN, em parceria com o Portal e Revista AGRON, UFGD, ANCP, FUNDECT e o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, realizou o 2º Congresso Nacional de Inovações Técnico-Científicas, Inclusão Social e Valores Agregados ao Setor do Agronegócio – CNAGRO. O evento reuniu acadêmicos, empresários, produtores rurais e profissionais da área para debater tecnologia e inovações científicas no Agronegócio.

Com mais de 30 cursos, workshops, técnicas e de gestão, e palestras , o CNAGRO recebeu especialistas em diversas áreas como genética, técnicas reprodutivas – IATF, nutrição animal, tecnologias para regulagem de equipamentos agrícolas, agricultura e pecuária orgânica, uso sustentável do cerrado, agricultura de precisão, utilização de Drones e Vants, novo código florestal e o CAR, fundamentos do mercado de commodities, Integração lavoura pecuária, entre outros temas.

Na palestra de abertura a temática foi “Tecnologia, Inovação e Política a serviço do futuro do Agronegócio”, ministrada pelo secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica de MS, Eduardo Riedel. O palestrante apontou que o agronegócio, principalmente na área agropecuária no estado, se desponta no cenário nacional e internacional, em função das tecnologias que vem adotando.

“Aplicar a tecnologia, ser um setor inovador por excelência e capacidade das instituições organizadas, nós despontamos em termos de produtividade. A política entra nessa história com a capacidade de organização, de interlocução com os três poderes, seja em âmbito municipal, estadual e ate mesmo federal”, avalia Eduardo Riedel.

Agronegócio no Mato Grosso do Sul

O secretário de Governo e Gestão Estratégica destaca que, mesmo diante da crise econômica do país, o Centro-Oeste é uma região que tem no agronegócio uma força socioeconômica grande. “Com isso, tem a capacidade de inovar, gerar emprego, renda, melhorar a performance, isso faz com que a região se desponte, principalmente se comparado às regiões mais maduras como o Sudeste e Sul do país, onde a crise parece muito maior. Há uma situação de falta de competitividade de alguns outros setores, sejam industriais, sejam comerciais”, ressalta.

Mato Grosso do Sul é um estado importante no Brasil em termos de produção de grãos, com 14 milhões de toneladas, sendo o 5º estado produtor. Na pecuária é o 3º estado de maior rebanho, que se destaca em termos de exportação, pela qualidade da carne, abrangendo atualmente frango e suíno. “Hoje consideramos duas novas cadeias produtivas muito representativas que é a bioenergia, com o açúcar, o etanol e a energia, e a florestal, que cresceu muito no estado. Então, tudo isso somado e em um processo de crescimento, faz com que o estado tenha essa boa performance na economia”, reconhece o secretário estadual Eduardo Riedel.

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran