03/06/2014 07:47

Encontro sobre Saúde Mental traz depoimentos

Evento, realizado na UNIGRAN, contou com ex-dependentes químicos e ex-presidiários

Profissionais e acadêmicos se reúnem em Encontro para falar de Saúde Mental

O curso de Psicologia da UNIGRAN realizou o 1º Encontro de Saúde Mental, que reuniu acadêmicos, profissionais da área de saúde, assistência social, educação e da área jurídica, ex-dependentes químicos e ex-presidiários para discutir a temática em Dourados, a partir da Reforma Psiquiátrica Brasileira e Luta Antimanicomial. O evento contou com apresentações musicais e teatrais, depoimentos e palestras.

A organizadora do Encontro e professora de Psicologia da UNIGRAN, Janaina Mendonça Souto, ressalta que “o assunto deve ser debatido, pois a região da Grande Dourados está em pleno desenvolvimento e para que possamos oferecer uma boa qualidade de vida à população para evitar futuros problemas ou sofrimentos mentais à comunidade, é necessário se voltar para compreensão dos transtornos mentais e poder trabalhar com a prevenção”.

Os temas das palestras foram “Saúde Mental e Humanização no Presídio”, “Dependência Química e Promoção de Saúde” e “Transtornos Mentais e Tratamentos Humanizados”. Terezinha Inês Bonfim, psicóloga e coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) de Dourados, foi uma das palestrantes. “Essa modalidade de atendimento é substitutiva da internação. O Ministério da Saúde preconiza uma quantidade X de habitante para poder montar um CAPS. É de suma importância, porque é uma forma de atender esse público, não só de transtorno mentais, mas como álcool e droga”, assegura.

Durante o Encontro, um grupo musical de jovens da Fazenda da Esperança em Rio Brilhante, se apresentou. A comunidade terapêutica recupera dependentes químicos. O coordenador da entidade, João Paulo Santos Farias, explica que “a comunidade tem mais de 30 anos de experiência na recuperação de jovens dependentes químicos. Atualmente se encontra em mais de 10 países, sob o tripé: convivência em família, trabalho para autossustentação e espiritualidade para encontrar um sentido de vida”.

Após um ano em recuperação, Éritom Alves Garcia hoje é voluntário da Fazenda. “Quando terminei e fui para casa recebi proposta de trabalho, mas decidi deixar tudo para voltar e servir os meninos, poder ajudar e ser luz para eles. Estou como padrinho da obra. Para mim, foi um encontro real comigo mesmo e um encontro pessoal com Deus, buscando ser uma pessoa melhor a cada dia que passa. Esse foi o ponto chave da minha recuperação”, considera.

André Luiz Alves de Souza faz parte do Instituto Organizado dos Estudantes em Prol da Humanidade (Iordeph) e participou do evento. O Instituto realiza campanhas de conscientização contra o uso de drogas nas escolas de Dourados. “Para nós, que trabalhamos na prevenção e conscientização do combate as drogas, é muito importante que essas palestras sejam feitas. Hoje nós temos aqui em Dourados cerca de 15 mil pessoas que são usuários de droga e a nossa preocupação está sobre a próxima geração. É preciso conscientizar os estudantes quanto as formas de prevenção, pois a droga tem destruído família, criança e temos que fazer algo pela nossa cidade” .

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran