12/11/2013 07:43

Atividade prepara acadêmicos de Direito para argumentação jurídica

Direito

As apresentações aconteceram no anfiteatro e todos os alunos puderam acompanhar a desenvoltura dos que apresentaram

Propondo aliar teoria à prática e, considerando que a arte da expressão vocal, desenvoltura, postura, sustentação oral, domínio da linguagem, técnicas e estratégias de argumentação são essenciais para os profissionais de Direito, a professora da disciplina de Argumentação Jurídica, Noemi Mendes Siqueira Ferrigolo, propôs aos acadêmicos do 4º semestre da UNIGRAN a atividade “Argumentos Culturais”.

Através de um discurso, declamação, stand up, júri, diálogo, monólogo, canto, treinos articulatórios, curiosidades jurídicas ou apresentações musicais, os alunos deveriam transmitir informações teóricas pertinentes à disciplina e, sobretudo, trabalhar as técnicas argumentativas. “Conforme as apresentações, analisei a postura, o uso do microfone e o domínio de palco. Gravamos todas as apresentações e depois iremos fazer as correções. Na verdade é um grande laboratório de argumentação jurídica”, explica Noemi.

A argumentação é fundamental para o advogado ou operador de Direito. De acordo com a professora, o trabalho desse profissional é o convencimento e a persuasão, são dois itens que devem ser muito bem trabalhados. “Eles trabalharão com a voz, com a oratória, com a sustentação oral. Irão passar por isso no júri e em audiências públicas. Eles vão precisar disso, até para convencer o seu próprio cliente. Então, isso vai ser essencial e é também uma forma deles trabalharem os seus próprios limites”, enfatiza Ferrigolo.

A acadêmica Sandra Fagundes Borges de Souza atuou como coordenadora da turma D de Direito. A estudante ficou responsável pela organização de toda a articulação das peças, brincadeiras e contos jurídicos que foram apresentadas pelo grupo. “Com essa dinâmica, a professora conseguiu despertar em nós o interesse por falar, pela persuasão, pela retórica, por argumentar e por articular a palavra de forma correta para atuar no tribunal do júri”, reconhece.

Bárbara Machado, da turma C, apresentou aos colegas e professora um poema de Manoel Bandeira. Para a acadêmica, o Direito não é só o livro, a doutrina, é a filosofia, é a sociologia, é uma ciência social. “Não é uma ciência exata, porque lida com pessoas e pessoas não são só aquele papel, aquela lei, são seres humanos, têm sentimentos. Então eu penso que um poema sensibiliza, assim como a boa música, esse é o meu modo de ver, é por isso que apresentei o poema”, conta.

Noemi Ferrigolo destaca que se surpreendeu com os alunos. “É fantástico como eles se revelaram, os primeiros dias quase desmaiavam, outros não conseguiam falar, hoje já estão brincando, já estão conseguindo falar e a gente está fazendo isso com a argumentação cultural que é para eles também extravasarem, para eles desinibirem. Tive uma auxiliar que não conseguia nem abrir a boca no início e hoje ela foi minha auxiliar de palco, realmente é um laboratório”, finaliza. [IO]

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran