30/10/2013 07:52

Espetáculo “Encontros“ abre XXIX Uniarte e mostra a cultura sul-mato-grossense

XXIX Uniarte

O espetáculo perpassa pela história desde os tempos do Império Inca até os dias atuais

A noite da última segunda-feira foi de arte, cultura e homenagens na 29ª edição da Uniarte, Semana de Artes Visuais da UNIGRAN. Durante a cerimônia de abertura a professora e pró-reitora Terezinha Bazé de Lima, a professora Iuderece Michelan de Almeida e a pesquisadora da Cultura Popular Regional Marley Sigrist foram as personalidades homenageadas. Após a solenidade o público presente pode conferir o espetáculo de danças tradicionais do grupo Camalote de Campo Grande, dirigido pela homenageada da noite Marley Sigrist.

O espetáculo “Encontros” é dividido em cinco partes e traz para os espectadores um pouco da história sul-mato-grossense através da dança. A diretora Marley Sigrist explica como surgiu o Camalote, “O grupo foi formado a partir de um curso de dança que ministrei para professores, a partir daí os professores quiseram continuar. O grupo já tem 10 anos de caminhada, levando um pouco da nossa cultura sul-mato-grossense”.

Segundo Marley o nome camalote é de uma planta aquática abundante no pantanal, por isso o grupo foi intitulado como “Camalote”. “Penso que um grupo de danças folclóricas é um canal possível de divulgação do que nós temos da cultura raiz daqui do estado e um canal também de aprendizado de educação. No momento que você faz uma apresentação didática como é a nossa, você passa o conhecimento para o público, ele amplia o seu conhecimento sobre o local que ele vive, então é essa a nossa intenção, levar para todos os cantos do Brasil e do mundo, onde a gente puder um pouco da nossa cultura sul-mato-grossense”, destaca a diretora.

Atualmente o espetáculo conta com a participação de 60 pessoas entre professores, jovens, estudantes e pessoas que se identificam com o trabalho. O grupo já percorreu vários estados do Brasil e recebeu várias propostas para se apresentar no exterior. Mas por falta de incentivo financeiro o grupo não pode se apresentar. “O nosso objetivo não é formar bailarinos, eles são preparados para que possam se expressar bem, mostrando através da arte a cultura do nosso estado. A gente atingindo esse objetivo estamos satisfeitos com o trabalho”, considera.

A pesquisadora e diretora do grupo Camalote não deixou de citar a homenagem recebida, “Foi uma surpresa, me senti muito honrada com essa homenagem. Amo Dourados, a cidade tem um povo bastante receptivo, aberto, contemporâneo. A homenagem para mim vem bem a calhar no momento em que estou as portas dos meus 65 anos e um trabalho de trinta anos construído no estado. Um reconhecimento desse enche a alma e faz com que a gente continue nessa luta, nessa busca por uma cultura melhor para esse estado, por mais descobertas”, finaliza Marley. [IO]

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran