26/09/2013 07:59

Grupo Ginasloucos completa 18 anos com show de acrobacias no basquete

Ginastas acrobatas da UNIGRAN

Em 18 anos o Ginasloucos realizou mais de 1300 apresentações

Em setembro de 1995 surgiu o grupo de ginastas acrobatas da UNIGRAN – os Ginasloucos, com o objetivo de fazer uma apresentação diferente com enterradas de basquete de forma extrovertida. Acadêmicos de Educação Física e o professor da Instituição, Rogério da Cruz Montes se inspiraram no show do “Globetrotters: Os Mágicos do Basquete” para criar o grupo em Dourados. Ao longo destes 18 anos foram realizadas mais de 1.300 apresentações em mais de 400 cidades. Além de participações em diversos programas nacionais de televisão.

Os atletas do Ginasloucos fazem jogadas individuais e coletivas, com evoluções de dificuldade, combinando adrenalina, música, humor e a participação do público. Daniel Chagas Silveira, 31, entrou no grupo há 11 anos quando era acadêmico de Educação Física. O atleta conta que teve a influência dos amigos para participar e, quando viu a apresentação dos colegas nas Olímpiadas da UNIGRAN (Oligran), teve a certeza: “tinha que participar. Eu vi o pessoal apresentando, achei muito louco aquilo e eu resolvi fazer”.

Para Daniel, cada apresentação é uma emoção diferente. “O fato de tirar a alegria, o sorriso das crianças, ver aquele ar de espanto e de alegria, de não estar acreditando no que está acontecendo, acho que é o combustível para todo mundo, é o que mais empolga, acho que não só eu, mas todo o grupo”, afirma. Mesmo se machucando algumas vezes, o educador físico não deixa de se apresentar. “Eu tenho até duas costelas trincadas ainda, que eu caí esses dias. Mas faz parte, machucar tornozelo, joelho, sempre tem a recuperação, sempre voltamos com tudo”, menciona.

O idealizador do grupo, Rogério Montes, conta que o Ginasloucos foi criado para se apresentar durante a abertura da Oligran. “Nós nunca imaginamos que ia transpor os limites da faculdade. Hoje já estivemos em nove estados mais o Distrito Federal além de todas as apresentações em rede nacional como a última no ‘Programa da tarde’ da Record”, cita.

Atualmente o grupo possui 22 integrantes. Segundo Rogério, a construção dos shows é feita por eles conforme a necessidade. “Nos unimos e vemos a necessidade de implantar alguma coisa diferente. Vamos implementando conforme a demanda do público e do modismo. Se tem uma música que está fazendo sucesso colocamos para que todos interajam junto com a apresentação”, explica.

“A responsabilidade foi crescendo com o passar dos anos. Antes nós íamos nos apresentar era uma brincadeira, um lazer. Hoje temos todo um ritual, uma responsabilidade, tem toda uma preparação. Deixou aquele lado de brincadeira e passamos a assumir a maioridade mesmo, é um trabalho profissional”, destaca o professor.

O Ginasloucos é o único no Brasil que faz acrobacias no basquete. No mundo há ao todo 12 grupos similares. O grupo almeja mais apresentações e destaque internacional. “Queremos nos apresentar em lugares diferentes e queremos ir para fora do país. Quem sabe Europa, Estados Unidos”, almeja Rogério Montes. [SG/IO]

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran