15/03/2013 21:47

Piscicultura é incentivada entre futuros profissionais

Medicina Veterinária

Peixes com hábitos alimentares diferentes têm anatomias distintas

O consumo de peixe nunca foi forte no Brasil, mas essa realidade está mudando. Nos últimos anos, especialmente na região centro-oeste, o consumo de pescado está se tornando mais comum e é de olho nesse mercado em expansão que alunos do 5º semestre de Medicina Veterinária da UNIGRAN têm, em sua grade, a disciplina de Piscicultura.

A matéria, que não está presente em todos os cursos de Veterinária, garante uma boa base para o profissional atuar nessa área. Nela os alunos estudam aspectos de variados tipos de peixe, como sua anatomia, formas de criação e possíveis doenças. A importância disso é que os peixes – ao contrário do gado, por exemplo – possuem grandes diferenças entre si.

“Existem vários ramos pra fora na área de piscicultura, até mesmo fazendas especializadas, e a gente tem que se qualificar, com essa matéria eu tenho mais currículo”, afirma o aluno Valcir Guimarães, 23. O estudante do 5º semestre de Medicina Veterinária também é monitor nas aulas e auxilia os colegas com dificuldades.

Segundo a professora que ministra a disciplina, Cláucia Aparecida Honorato, essa formação diferenciada é importante para o aluno. “A região de Dourados é uma das maiores produtoras de peixe de água doce do Brasil, então a disciplina vem para dar suporte para os alunos entrarem no mercado de trabalho”, explica.

Além de estudar a anatomia e a fisiologia dos peixes, os alunos também aprendem sobre a qualidade da carne e a nutrição de peixes “para que saiam habilitados a dar assistência técnica às empresas de aquicultura”, como explica a professora. (TD)

Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran