29/10/2012 21:01

Acadêmicos concluem Oficina de Grafite em muro de Instituição

Acadêmicos da UNIGRAN e alunos da Pestalozzi durante a grafitagem
Com a XXVIII Uniarte, a UNIGRAN esteve rodeada por obras de arte, dos mais diferentes tamanhos, cores, materiais e temas. Mas entre todos os estilos, os que mais chamaram a atenção foi a mostra Coletiva de Grafitagem. A mostra contou com 11 painéis de 16 artistas sul-mato-grossenses. O grafite é uma arte que nasceu nas ruas e até hoje tem este estilo de ser feita em lugares não muito comuns. “A essência do grafite é a arte de rua. Hoje em dia o grafite conquistou as galerias do mundo todo, há vários artistas grafiteiros premiados, salões mundialmente famosos, então já desmistificou esta coisa do grafiteiro só ter espaço na rua. Porém, a essência do grafite é de rua, uma arte urbana”, revela a artista plástica e gestora de Artes da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul (FCMS), Marilena Grolli. Durante a Uniarte, uma oficina de técnica de grafite foi oferecida aos acadêmicos e, no último dia, foram até a Pestalozzi de Dourados para colocar em prática o que aprenderam durante o ID_CURSO. Madalena Arévalos, do 6º semestre de Artes Visuais, participou da grafitagem feita no muro da Instituição. “Para o ID_CURSO de artes é extremamente importante, pois é uma arte contemporânea e aprender para futuramente trabalhar com os alunos na escola é muito bacana, trouxe conhecimento para todos. E, o mais interessante aqui, foi poder trabalhar com estes alunos especiais”, conta a estudante. A instrutora Marilena aprova o uso desta arte nas escolas, pois ajuda as crianças mudarem seu comportamento. “O grafite hoje tem um papel fundamental no processo educacional e no processo também de mudar a atitude das pessoas. Muitas vezes, tem um muro que está abandonado, tem mato nascendo, então, se faz um grafite, acaba atraindo o olhar das pessoas para aquele espaço, acaba mudando a atitude das pessoas no sentido de não considerar o grafite com uma coisa marginalizada, cheio de estigmas”. Como curador da mostra, o evento contou com um dos mais renomados artistas plástico sul-mato-grossenses, Jonir Figueiredo. Para ele, “o grafite é a linguagem contemporânea do momento. É a arte dos grafiteiros, que deixou de ser uma arte marginalizada”.(FC)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran