08/10/2012 08:18

Professores e acadêmicos participam de Congresso Brasileiro de Nutrição em Recife

Ivete, acadêmica do 6º semestre, foi elogiada pelo tema apresentado durante o congresso
A participação em congressos é, sem dúvida, uma oportunidade de atualização. Além disso, os profissionais, acadêmicos e professores podem estreitar relacionamentos profissionais, debater ideias e apresentar pesquisas. Foi com esse intuito que professores e acadêmicos do ID_CURSO de Nutrição da UNIGRAN estiveram no Congresso Brasileiro de Nutrição (Conbran), realizado em Recife. Conforme a coordenadora do ID_CURSO, Rita de Cássia Mendes, eventos como o congresso brasileiro traz a possibilidade de conhecer o que há de novo na área, desde pesquisas, condutas, diretrizes, protocolos e aquilo que é recomendado pelo Ministério da Saúde ou pelo Conselho. Para os professores o congresso também é um aperfeiçoamento, “é uma maneira de melDATA_HORAr a qualidade da aula. Desperta a estudar mais e a trazer as novidades para dentro da sala de aula. Passamos por dois sentimentos: um é que nós estamos no caminho certo e o outro é que vemos coisas novas que também podemos falar. É uma empolgação a mais, saímos do nosso mundinho e vemos que tem muito mais a aprender e a ensinar”, afirma Rita. Se para os professores a experiência é motivadora, para os estudantes a ocasião foi de aprendizagem. A aluna do 6º semestre, Ivete Almeida Lopes, teve a oportunidade de apresentar um trabalho e, segundo ela, sobraram elogios pela escolha do tema: “O aleitamento materno de crianças portadoras de fissura labiopalatal, segundo relato das mães”. Ivete explica do que se trata: “são fissuras no lábio que alguns bebês nascem, é um problema genético. Pode ser um corte no lábio chegando até a narina ou por dentro da boca chegando até as fossas nasais. O aleitamento para essas crianças é mais difícil e o trabalho foi envolto nisso, com relatos de mães com filhos portadores dessa deficiência”. De acordo com a acadêmica, as mães geralmente sentem dificuldade nos primeiros dias de amamentação, principalmente quando é do primeiro filho. Para as mães de bebês portadores do lábio leporino o aleitamento é ainda mais delicado, “se a mãe não tiver o bico, tem que ter uma preparação para que a criança possa conseguir sugar. E com a deficiência fica ainda mais difícil a pegada do seio, então tem que ter uma preparação, até mesmo psicológica da mãe para que ela fique calma e tenha paciência”. Com a apresentação durante o congresso, a aluna ganhará pontos no currículo profissional, é o que garante a professora Rita. “Quando se pensa em prova de residência, em prova de conID_CURSO, em prova de mestrado, as seleções têm uma pontuação nas apresentações de trabalho e, quando você tem no currículo a apresentação em um evento maior como esse, dá mais credibilidade. Ela já tem um diferencial”, considera. A coordenadora ainda acrescenta, “eu sempre digo que eles não vão sair de lá com um conhecimento espetacular, mas percebemos que eles voltam muito mais motivados. Eles veem a grandiosidade do ID_CURSO que estão fazendo. São quatro dias respirando, dormindo e acordando com o tema daquilo que você estuda”, finaliza. (IO/SG)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran