05/10/2012 20:23

Representantes do Crea e da Embrapa ministram workshop na UNIGRAN

Workshop abordou o comportamento ambiental de agrotóxicos e receituário agronômico nas prescrições
Uma parceria dos ID_CURSOs de Agronomia e Tecnologia em Produção Agrícola da UNIGRAN, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul (Crea/MS) e da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados (Aeagran) proporcionou um dia de workshop voltado a acadêmicos e profissionais da área. Dentre os temas abordados era o comportamento ambiental de agrotóxicos. O engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Rômulo Penna Scorza Júnior mostrou o que acontece com o agrotóxico após sua aplicação no campo, os principais processos que ocorrem, o potencial de contaminação de água subterrânea e superficial e, ainda, resultados de pesquisas com relação ao comportamento ambiental. Segundo o palestrante, “há uma tecnologia nova que é a utilização de um programa de computador que serve para simular o que acontece com o agrotóxico quando ele é aplicado no campo. Com isso, nós conseguimos fazer uma avaliação de riscos somente utilizando o programa, sem precisar ficar fazendo experimentação no campo”. Rômulo explica que, com esta tecnologia, é possível “prever o que pode acontecer. Prevenção de que, se você aplicar em determinado local, com as características específicas, você pode ter problema de contaminação”. “Eu tentei passar a informação para os alunos, de que eles estão saindo para o mercado de trabalho agora e que ao recomendar um produto, um agrotóxico, eles não levem apenas em consideração a eficiência do agrotóxico, mas que também considerem o comportamento ambiental destes agrotóxicos”, afirma o pesquisador. Outro destaque do workshop foi a importância do receituário agronômico nas prescrições fitossanitárias do Mato Grosso do Sul. Maria Rita Jacinto Rodrigues Por Deus, assessora técnica do Crea/MS foi a palestrante e, segundo ela, quando se trabalha esta questão voltada ao Crea, este tema caracteriza-se como valorização profissional. Maria Rita esclarece que esta prescrição “tem que ser uma ferramenta constantemente a ser aperfeiçoada, a ser trabalhada com os profissionais, é uma técnica muito importante e fundamental para o racional e adequado manuseio das atividades agrícolas”. Conforme a assessora técnica, esta “é uma recomendação detalhada de como utilizar um determinado produto. É feito um estudo da propriedade, do ambiente, uma conversa com o produtor, análise e vistoria na área, verificação na cultura e, diagnosticado o problema, nós fazemos a prescrição do produto e nessa prescrição existem vários critérios que devem ser observados”. Para o acadêmico do 8º semestre Agronomia, Jorge Medina, o workshop teve um grande valor em sua formação profissional. “À medida que estas palestras vêm acontecendo, nós vamos adquirindo mais experiências no nosso ramo de atividade e estar atuando com maior segurança, bem respaldado sobre estas informações e atualizado”, considera. (SG)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran