03/10/2012 08:02

Pestalozzi de Dourados recebe visita de acadêmicos

Experiências como essa contribuem para a vida profissional e pessoal
Parte dos 112 alunos atendidos pela Sociedade Pestalozzi de Dourados interromperam sua rotina para receber uma visita diferente. Estudantes do 8º semestre de Enfermagem da UNIGRAN passaram a manhã na instituição, falando de uma maneira descontraída sobre a importância da higiene pessoal e a maneira correta de fazê-la. Há mais de 25 anos a Pestalozzi atende alunos de Dourados, de crianças até adultos, com variados níveis de deficiência mental. Desde o início, sua história conta com altos e baixos e, por isso, parcerias com diversas instituições da sociedade são muito importantes para o seu funcionamento, como conta a diretora Vera Lúcia Moreno Di Dio. “Nós temos uma grande parceria com a UNIGRAN, recebendo acadêmicos de vários ID_CURSOs para fazer estágio, como psicólogos, assistentes sociais, dentistas e enfermeiros. Eu acredito que a escola não pode ficar só com o interno, temos que receber pessoas de fora para trazer novos conhecimentos”, diz a diretora. A manhã passada ao lado dos alunos da Pestalozzi incluiu uma divertida palestra sobre frequência e maneira correta de se realizar a higiene pessoal, atividades com jogos e desenhos e, por fim, um café da manhã no qual alunos e acadêmicos puderam conversar e se conhecer mais. Mas demorou um pouco para que eles estabelecessem essa confiança. “No começo, quando nos viam de branco, eles ficavam desconfiados, achavam que nós éramos médicos ou dentistas. Mas nós quebramos o gelo logo de cara, demos liberdade para brincadeiras e agora já estamos familiarizados”, conta o estudante do 8º semestre, Marcos Costa, 28, que participou da ação. Para ele, a experiência foi inesquecível. “Essa é uma grande oportunidade, não só para o crescimento acadêmico, mas para o crescimento pessoal também. Sempre que nós saímos da sala de aula ou do ambiente hospitalar onde costumamos ficar, é muito importante, porque aqui não são pessoas doentes, mas pessoas que apenas precisam de um atendimento diferenciado”, avalia o acadêmico. Vera Lúcia acredita que o benefício é enorme para os alunos especiais que participam de iniciativas como essa. “O nosso aluno hoje, cada um dentro da sua deficiência, é limitado dentro do seu ser. Com esse ID_TIPO de atividade que os professores fazem, eles têm facilidade maior de compreensão e retenção do conhecimento. Brincando em uma atividade educativa assim, talvez ele aprenda muito mais do que em uma sala de aula”, pondera. Segundo o supervisor de estágio e professor responsável pela visita, Marcelo Oliveira, atividades assim também trazem vários benefícios para os acadêmicos. “A experiência de estar diretamente com o público, de se expressar, de colocar em prática o que eles aprendem em sala. Em breve eles já se formam e podem assumir um emprego, e aqui nós temos a chance de trabalhar diretamente com esse público, para os alunos é de extrema importância”, enumera. (TD)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran