10/09/2012 07:51

Palestras apresentam novas realidades para acadêmicos de Engenharia Civil

Capitão do Corpo de Bombeiros palestrou durante a Semana e elogiou a iniciativa
Manter-se atualizado sobre as novidades da área é uma obrigação de todas as profissões, mas isso às vezes fica difícil para o acadêmico, que não tem contato constante com o mercado de trabalho. É para aproximar essas realidades que profissionais e alunos se reúnem durante a II Semana Acadêmica de Engenharia Civil da UNIGRAN. A novidade esse ano é que, além da Semana Acadêmica, acontece também a I Semana Técnica do ID_CURSO. A grande diferença é justamente envolver o aluno em um ambiente mais “profissional”. “Na Semana Técnica, além das palestras usarem um dialeto mais técnico, nós temos as empresas participando e mostrando seus produtos, para que o acadêmico conheça as vantagens e desvantagens”, explica o coordenador do ID_CURSO, Luiz Henrique Moreira de Carvalho. Quem participou da I Semana Acadêmica notou logo a diferença, como é o caso de Geovani Lima da Silva, 19, do 4º semestre. “Os profissionais estão sabendo passar os conteúdos, agora todos os alunos estão focados e vendo a importância desse conhecimento”, conta. Ele acredita que tudo isso é um grande diferencial. “Aqui eu estou adquirindo muito mais conhecimento do que quem prefere ficar em casa, porque isso eu vou levar para o resto da vida”, diz o acadêmico. E ele não está errado. O coordenador Luiz Henrique destaca que, a grande vantagem para os alunos dos primeiros anos, é já ter contato com assuntos que só seriam discutidos mais adiante. “O acadêmico que participa tem contato com temas do cotidiano do engenheiro e já vai se moldando. Quando ele tiver esse conteúdo na teoria, já vai saber as premissas”, diz. Essa iniciativa de apresentar temas avançados para alunos que começaram agora sua graduação foi, inclusive, elogiada por um dos palestrantes. O capitão Humberto José Sepa de Matos Filho, do 2º Grupamento de Bombeiros de Dourados, que palestrou sobre prevenção contra incêndio e pânico, lembrou que normalmente o aluno só vai ter contato com esses temas quando estiver prestes a se formar. “Eu parabenizo a iniciativa da UNIGRAN em oferecer esse ID_TIPO de orientação no início da formação, porque algumas vezes essa disciplina é tratada no final, quando o profissional já está quase no mercado”. Segundo ele, os profissionais estão cada vez se adequando mais às normas e, por isso, é melhor que os acadêmicos já conheçam os procedimentos. Egressos Mas não são apenas profissionais de fora que contribuem para a semana. Ex-alunos também tem a chance de compartilhar seu conhecimento com quem ainda está na faculdade. Aruana Marcondes se formou pela UNIGRAN em 2007 e deu uma pausa no trabalho do escritório que abriu em Dourados para falar sobre construção sustentável. “Tudo o que existe em relação a isso no Brasil são casas modelos, com todas as técnicas usadas em uma casa só”, conta ela. Aruana acredita que as construções sustentáveis não precisam ser radicais, mas sim com pequenos detalhes, como alternativas de economia de energia ou o uso de um material mais ecológico, inseridos em uma construção comum. “É preciso usar as alternativas com eficiência, não usar cem opções sustentáveis, mas uma ou duas”, diz. Agora, de volta à faculdade como profissional, ela tem o objetivo de esclarecer as dúvidas dos alunos sobre o assunto. “Meu objetivo é mostrar a realidade de Dourados e do Brasil, para o aluno entender que uma ou outra alternativa sustentável que eles usarem, eles já estarão sendo eficientes”, conclui. (TD)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran