30/08/2012 07:52

Especialistas ministram oficina sobre medicina oriental

Os alunos praticam as técnicas ensinadas pelos especialistas da medicina oriental
A jornada de Biomedicina da UNIGRAN trouxe para os acadêmicos diferentes ID_TIPOs de assuntos a serem estudados, um destes temas é o da medicina oriental. O tema foi abordado por Eugênio Yochida e Airton Yukio Katayama, especializados em Tóquio, no Japão. Eles deram dicas e ensinaram alguns métodos deste ID_TIPO de medicina, concentrando principalmente na importância do toque. Os especialistas mostraram que a medicina oriental tem como base os sentimentos, assim o toque ajuda a equilibrar as energias. “Muitas vezes temos falta de energia, por exemplo, um carinho, um abraço, uma fala, um ombro amigo, isso faz com que liberemos nossa energia e nos sentimos bem. Você pode perceber que hoje em dia nós somos muito carentes, muitas vezes não nos sentimos importante. Nos preocupamos mais com a vida alheia do que com a nossa. Então, tentamos, inconscientemente, buscar nossa doença e conscientemente não queremos”, comenta Airton. O miniID_CURSO também ajuda fomentar os alunos quanto à profissão, fazendo-os buscar mais sobre essas técnicas alternativas. “Na questão da área da saúde, existem as pós-graduações em acupuntura, que abrange esta parte da energia, da bioenergia. Então seria uma forma de eles também, futuramente se quiserem partir para uma acupuntura ou alguma técnica de alternativa, eles podem estar aptos para trabalhar”, explica Eugênio. Caiane Matos Pivetta cursa o 2º semestre de Biomedicina e achou interessante a oficina, pois pôde conhecer mais sobre os segmentos da profissão. “Eu acho que é muito importante para a gente começar a conhecer as áreas que o biomédico pode atuar. Nós tivemos uma oficina bem dinâmica e aprendemos mesmo, não foi só a teoria, e este é o melhor jeito de conhecermos nossa área, com miniID_CURSOs e participando deles”, comenta a aluna da UNIGRAN. Acadêmicos de outras universidades também prestigiaram a oficina, é o caso da estudante de Ciências Biológicas, Thayane Gomes, que gostou muito da oficina e assume que usará na vida pessoal o que aprendeu. “Eu já utilizava a meditação e agora vou utilizar os pontos que eles ensinaram para dor de cabeça, pois eu tenho muitas dores, além de outros pontos que ajudam na cólica e nas dores na lombar”, conclui. (FC)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran