20/06/2012 08:03

Início do inverno exige cuidados redobrados com idosos

Exercícios físicos leves ajudam a aumentar a circulação e diminuir dores durante o inverno
Hoje começa oficialmente o inverno, saem as roupas leves e bebidas geladas e entram os casacos, as sopas e os chás, tudo para não prejudicar a saúde nessa época mais fria. Porém, essas adaptações não são iguais para todo mundo. Segundo o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), mais de 11.000 pessoas acima de 65 anos vivem em Dourados. Representam aproximadamente 6% da população e, por ter a saúde mais fragilizada, devem adotar cuidados especiais durante o frio. As queixas de aumento das dores no corpo conforme a temperatura cai são comuns e Simone de Sousa Elias Nihues, coordenadora da Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN, explica o motivo. “Alguns estudos apontam que, no frio, acontece o espessamento do líquido sinovial, que é o líquido que se encontra nas articulações, por isso as dores. A baixa temperatura também causa pequenas tensões musculares, devido às posturas erradas que as pessoas adotam para tentar se aquecer”, diz. Alguns idosos, porém, preferem um estilo de vida mais ativo e, com isso, melDATA_HORAm sua qualidade de vida. Um exemplo é Teresa Portella Bageston Lange, de 78 anos, que pratica exercícios físicos frequentes há cinco e esbanja bom humor. Segundo ela, a atividade física durante o inverno melDATA_HORA sua saúde, “se tiver tosse, falta de ar, acaba tudo. MelDATA_HORA, é muito bom”. A fisioterapeuta Simone explica que dona Teresa, assim como outros idosos que mantêm um ritmo de vida mais ativo, sentirá menos os efeitos do frio. “Alongamentos pela manhã, exercícios como abrir e fechar as mãos, movimentar os pés, se manter sempre bem aquecido, tudo isso é muito importante”, garante. É importante lembrar que todos os exercícios devem ser feitos com cautela, já que é mais fácil para o idoso se machucar, e a hidratação não deve ser esquecida. “O ideal é que a atividade seja feita dentro de casa, evitando exposição ao tempo. E sempre beber bastante água, já que no inverno o corpo trabalha mais para se manter aquecido e precisa ser hidratado”, explica. Por isso, para evitar complicações, nada como se alimentar bem e praticar muitos exercícios. E, claro, se manter bem aquecido. “Às vezes pés e mãos estão abaixo da temperatura, mas pela diminuição da sensibilidade, os idosos não sentem. Deve-se sempre observar a coloração da pele e usar luvas e meias, para manter as extremidades bem aquecidas”, aconselha. (TD)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran