10/05/2012 07:35

Acadêmicos de Engenharia Civil conhecem história do ID_CURSO

Aspirante Vildovato fala do surgimento da profissão para os acadêmicos
Poucos sabem, mas a Engenharia Civil é advinda da Engenharia Militar, ramo da engenharia que dá apoio às atividades de combate dos exércitos construindo pontes, campos minados e estradas. Para trazer a história dessa profissão, tão necessária para o desenvolvimento, o ID_CURSO de Engenharia Civil da UNIGRAN preparou uma palestra para os acadêmicos. O professor do ID_CURSO Rubens Di Dio fala da finalidade da palestra, “é um costume nas escolas de engenharia promover pelo menos uma vez ao ano uma ação com engenheiros militar, para que eles contem a história de como aconteceu a Engenharia Civil. Nossos alunos tem que saber de onde surgiu sua profissão, e quais são os objetivos a serem alcançados. É esse o foco principal”. O aspirante Guilherme José Vildovato, da 4ª brigada de Dourados, formado na Academia Militar das Agulhas Negras, foi o representante que falou com os alunos, “abordei aspectos de várias obras que foram realizadas durante a história, e tecnologias que foram desenvolvidas conforme as necessidades militares e posteriormente civis. Por exemplo, os Arcos da Lapa, que é um aqueduto, foi construído por engenheiros militar com a finalidade de abastecer o Rio de Janeiro”, exemplifica. De acordo com o aspirante Vildovato a engenharia militar tem objetivo de prover e desenvolver tecnologias para o combate, “para aumentar a eficácia das tropas no combate convencional, pra guerra mesmo. E também tem engenharia voltada para área civil, desenvolvimento nacional para construção de estradas, ferrovias no território brasileiro”. Além da história, e das funções do engenheiro outro assunto foi abordado durante a palestra, à prevenção de incêndios. Di Dio explica, “o corpo de bombeiro trabalha junto com a engenharia militar. Com os grandes incêndios que tiveram em São Paulo mudaram se todas as normas, inclusive nós já trabalhamos isso com nossos alunos de Arquitetura. Não podemos construir nada sem as regras básicas de incêndio e prevenção”. Jorge Guilherme Marangoni de Siqueira que cursa o 1º semestre de Engenharia Civil acredita que a palestra agregou a ele a aos colegas muita experiência, “o palestrante deu muitos exemplos, como o caso do Edifício Joelma que pegou fogo em São Paulo, eles não tinham uma boa prevenção para incêndio. Às vezes não acreditamos que pode pegar fogo, mas a tragédia pode acontecer”, finaliza. (IO/SG)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran