14/02/2012 10:00

Professores da UNIGRAN participam de programa de rádio

Convidados falaram sobre os “Valores da Educação Familiar”
O programa Ponto de Vista, veiculado na Rádio Coração, abordou “Os Valores da Educação Familiar”, com a participação dos professores da UNIGRAN: Izabel Andrade de Souza, assistente social do Núcleo de Atendimento Social à Comunidade (NASC) e Robson Moraes dos Santos, assessor jurídico da Vara da Infância e da Juventude de Dourados e professor do ID_CURSO de Direito. Foram convidados também o delegado de Polícia Civil de Itaporã, Wisnton Ramão Albres Garcia e a psicóloga judiciária, Joice da Silva Marques. O desenvolvimento do tema foi a partir do caso de violência que abalou a cidade de Itaporã, no início do ano de 2012, em que um jovem de 20 anos, tirou a vida da esposa e dos filhos. O apresentador do programa, Padre Crispim Guimarães, conversou com os convidados sobre o que ajuda a manter a família estável como o amor, os limites, a compreensão, a paciência, a bondade, o diálogo. “Nós sempre discutimos temas que envolvem a sociedade. Trazemos profissionais para debatermos questões atuais, violência, relação familiar, educação. A família, a partir do amor, do diálogo e da compreensão pode ser uma grande aliada no combate a violência”, afirma o Padre Crispim. Para o professor da UNIGRAN, Robson Moraes dos Santos, “a violência infanto-juvenil é crescente, mas nada extremado a situação ocorrida em Itaporã. Nós temos as medidas de proteção”. O assessor jurídico acredita que é comum verificar que os pais perdem o controle na educação de seus filhos. “Vemos muitos adolescentes no mundo das drogas, até mesmo ‘gerenciando os negócios’ no tráfico. Em alguns casos que chegam à vara da infância, os adolescentes relatam que buscam o que não têm em casa, coisas materiais e não dão valor ao que os pais podem dar”, conclui. Segundo a professora de Serviço Social, Izabel Andrade de Souza, a maioria dos casos de conflitos familiares é relacionada à questão da bebida, “nós percebemos o tanto de problemas que a bebida leva ao lar”. A coordenadora do NASC afirma: “a família hoje tem pouco diálogo. Mas é um diálogo intermediado por alguém”. O assistente social atua como mediador de ações interventivas. “Na maioria das vezes, nós conseguimos fazer com que situações conflitantes sejam resolvidas através de um diálogo. Nós orientamos para que a família se aproxime, se relacione, desenvolva atividades juntos, conversar sempre é a melhor opção”, finaliza Izabel. (SG)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran