07/02/2012 07:50

Tratamento pode inibir a calvice

Cuidados e tratamentos podem diminuir os problemas de calvície
Muitos dizem que o cabelo é a moldura do rosto, seja ele curto, longo, liso ou cacheado, o importante é mantê-los sempre sedosos e saudáveis. Mas para o desespero de alguns homens e para a vaidade feminina os problemas com a queda excessiva dos fios se torna uma guerra com a autoestima. A queda de cabelo é um fator normal, isso porque o cabelo tem um ciclo biológico capilar, a esteticista capilar e supervisora de estágio da Clínica de Estética da UNIGRAN, Rita de Cássia Espíndola, explica o ciclo, “o cabelo ele nasce, se desenvolve, e se desprende do folículo piloso, e na sequência nasce um novo, esse é o ciclo”, disse Rita. Quando esse ciclo não completa, ou seja, se o novo fio não cresce é sinal que o organismo não está funcionando corretamente, fatores emocionais, estresse, alimentação incorreta, ou ainda fatores hormonais e genéticos conduzem a alopecia, que é a perda de cabelos, conhecida popularmente como a calvície. A esteticista explica que, “quem tem alopecia o ciclo biológico não ocorre normalmente, cada ciclo faz com que o cabelo nasça mais fino, a cada ciclo afina mais, até se tornar uma espécie de penugem, dando aparência calva”. Segundo a esteticista, o homem já nasce com a pré-disposição, na mulher o fator pode ser genético ou hormonal. “Na mulher a calvície é muito comum após os 40 anos, por causa da queda de hormônios. A característica clínica no homem são as comuns ‘entradas’, já nas mulheres a perda ocorre na região do centro da cabeça”, relata a supervisora. Contudo, o problema pode ser solucionado, desde que tratado no início, “com um diagnóstico correto feito por um médico o problema pode ser inibido. O profissional esteticista capilar tem que saber identificar o início da calvície, somos nós os primeiros a ter contato com o problema, temos a função de saber a causa, orientar e encaminhar para um dermatologista”, conta Rita. É importante ressaltar que a calvície masculina tem uma particularidade de que até os 40 anos é possível retardar o problema, depois somente próteses e implantes podem colaborar para minimizar a alopecia. A Clínica de Estética da UNIGRAN já retornou seus agendamentos para tratamentos, o telefone é 3411 – 4201.
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran