31/10/2011 21:35

Acadêmicos de Fisioterapia se mobilizam durante Outubro Rosa

Dona Tereza, paciente da Clínica, foi uma das mulheres que recebeu orientações sobre prevenção
Durante todo o mês de outubro, acontecem diversas ações relacionadas à prevenção do câncer de mama. É o chamado Outubro Rosa, um movimento mundial que visa reforçar a importância da prevenção e celebrar as vitórias diárias de milhares de mulheres que enfrentam o câncer de mama ao redor do mundo. Com iniciativas que vão de passeatas até a iluminação de locais públicos com a cor rosa, o Outubro Rosa é um movimento cada vez mais conhecido pela população. Uma das instituições que também participa da campanha é a Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN. Acadêmicos do 8º semestre elaboram e distribuíram panfletos, explicando sobre a importância da prevenção e o que a mulher pode encontrar ao fazer o auto-exame. “Os alunos orientaram as pacientes e também as acompanhantes de pacientes, fizeram a mobilização no Hospital Universitário, onde eles fazem estágio supervisionado, e orientaram as alunas durante o intervalo, dentro da própria universidade”, conta Simone Elias, coordenadora da Clínica. Ela explica que o principal objetivo da ação era reforçar para as mulheres a importância do auto-exame. Segundo a coordenadora, o auto-exame é importante por “possibilitar que o câncer de mama seja detectado de forma precoce, para que seja iniciado o tratamento mais rapidamente”, diz Simone. Uma das pacientes que recebeu a orientação foi Tereza Portella Bageston Lange, de 78 anos. Carinhosamente conhecida como Dona Tereza, ela é uma das pacientes mais antigas da Clínica e faz questão de sempre participar de todas as ações de conscientização. É importante lembrar que um dos fatores de risco é a idade. O câncer de mama é mais comum em mulheres com mais de 50 anos e mais raro em mulheres com até 20 anos. Outros fatores como exposição à radiação e predisposição genética também influenciam, assim como dieta equilibrada, exercícios físicos e longo período de amamentação ajudam a diminuir as chances do câncer se desenvolver. O importante, por fim, é a atenção. Para aumentar as chances de um tratamento bem sucedido, o câncer deve ser detectado no início e, para isso, a mulher deve estar atenta. Diante de qualquer alteração, procure um médico.
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran