23/09/2011 08:19

Núcleo de Psicologia da UNIGRAN oferece orientação vocacional

Acadêmica de Psicologia fala da importância da orientação vocacional para alunos do ensino médio
Professor, advogado, médico, administrador, etc., a escolha de uma profissão não é uma tarefa fácil, hoje em dia existem mais de 150 profissões no mercado de trabalho. Esta decisão vai determinar o que a pessoa fará nos próximos anos de sua vida e mais, irá dizer qual a sua função no mundo. Para auxiliar, o Núcleo de Psicologia da UNIGRAN oferece um acompanhamento para capacitar os jovens e adultos a aprender a escolher e tomar uma decisão a respeito da profissão a seguir. A estudante do 3º ano do Ensino Médio, Luana Soares dos Reis, está em dúvida entre psicologia e odontologia. Luana visitou a UNIGRAN e recebeu dicas sobre os passos para poder descobrir em qual área atuar, “com essas orientações, nós podemos escolher melhor a área em que a gente quer atuar, estou muito ansiosa para entrar na faculdade”. Maria Tereza Romera Minelli, acadêmica do 10º semestre de Psicologia, acredita que “a orientação vocacional se faz importante porque faz o aluno se questionar pela escolha, buscar as opções”. Para acadêmica, ter a oportunidade de proporcionar esse norteamento “é uma experiência importante e única, isso me faz arremeter a minha escolha profissional que foi bastante conturbada, então é necessário diminuir a ansiedade desses alunos para que eles não passem pela mesma situação que eu passei”. Segundo a coordenadora do Núcleo de Psicologia da UNIGRAN, Aletéia Henklain Ferruzzi, todo o processo de orientação profissional, requer muitas técnicas: “sempre olhar as características próprias, se conhecer, ver o que gosta e o que não gosta de fazer, de estudar, o que tem mais facilidade ou dificuldade, pois fazendo essas diferenças é possível incluir e excluir alguns ID_CURSOs que se assemelham a essas características; outra coisa é olhar as habilidades no dia a dia; a forma com que se vê no trabalho; conhecer as profissões e outras”. Muito se ouve falar no teste vocacional, mas para a psicóloga não é a melhor recomendação, “o teste não tem o mesmo valor que o processo de orientação profissional, o teste é como uma prova, que fez ficou ali e pronto, já a orientação é todo um processo de descobrimento”. Portanto, Aletéia recomenda a orientação profissional, “é sempre bom lembrar que uma escolha, ela não tem que ser definitiva, ela é única, pois às vezes a gente pode escolher e descobrir que não é o que me faz feliz, a melhor profissão é aquela que te faz feliz”. Para quem se interessar, o Núcleo de Psicologia da UNIGRAN fornece orientações à comunidade, o telefone para mais informações é o 3411-4268.
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran