02/07/2002 16:18

Acadêmicos da UNIGRAN aceitam o "Desafio Sebrae 2002".

Alguns dos participantes do Desafio Sebrae posam para foto, juntamente com a professora Regina Célia (de óculos) e os indígenas Ismael e Adair (d).
Pelo menos 30 acadêmicos da UNIGRAN já se inscreveram para participar de um jogo empresarial que exige arrojo em certos momentos; cautela em outros, mas principalmente conhecimento e empreendedorismo para gerir uma empresa virtual, conquistar mercados e superar obstáculos com soluções inovadoras. Cada erro pode custar caro nesse jogo virtual de mercado por computador. Mesmo assim, trinta estudantes dos ID_CURSOs de Administração de Empresas, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física e Biomedicina decidiram competir no “Desafio Sebrae 2002”, que no ano passado teve dez mil equipes concorrentes. Os estudantes da UNIGRAN entram pela primeira vez nessa competição e já acrescentam um fato inusitado: três dos mais de 6.500 estudantes, já inscritos em todo o país, são acadêmicos indígenas da UNIGRAN. Sônia Aquino Cáceres e Ismael Morel, índios guaranis, e Adair da Silva, da comunidade kaiowá de Dourados, formam a equipe “Ver Para Crer”. Todos têm 20 anos de idade e cursam, respectivamente, Biomedicina, Educação Física e Administração de Empresas. A viagem prêmio do conID_CURSO - para o Vale do Silício, na Califórnia, EUA – não é a única motivação desse de grupo. “Queremos saber como é administrar alguma coisa para a gente poder usar para a comunidade”, diz Ismael. Já Adair arremata: “A gente estuda não é só para ganhar dinheiro, mas é pela nossa comunidade que está em decadência”. Sônia pensa em montar um laboratório de análises clínicas. Para ela, o Jogo é uma oportunidade de aprender a administrar um negócio próprio. Indagados se a estratégia que usarão podia ser revelada, disseram: “Isso é segredo. O índio sempre pega de surpresa, quando menos se espera, a gente aparece”. Cada um tem sua motivação para participar do “Desafio Sebrae 2002” e, diferentemente do que se possa imaginar, a competição é para futuros profissionais de qualquer área. Ontem, o acadêmico, Ramiro do Carmo Lima, do 4º ano de Direito, organizava a formação de sua equipe com estudantes de outras áreas para inscrever-se. São permitidos até cinco membros por time. “Queremos arrumar, ainda, mais cinco pessoas para nos dar apoio, por fora, para navegar na Internet em busca de informações, fazer pesquisa etc. Estamos muito empolgados”, disse Ramiro. Para a professora das disciplinas de Fundamentos da Administração e de Projetos, Regina Célia Passos, a empolgação dos estudantes da UNIGRAN baseia-se no fator confiança. “A preparação que eles têm aqui (na UNIGRAN) é a mesma que se tem nos grandes centros. Até porque os nossos ID_CURSOs de Administração são B no Provão. Por isso, só depende deles tomarem a atitude de participar do evento”, diz. A professora observa que o Desafio Sebrae é uma atividade que realmente ajuda a desenvolver o perfil empreendedor, tão importante em todas as carreiras profissionais. Nessa linha de raciocínio, o coordenador dos ID_CURSOs de Administração de Empresas e de Ciências Imobiliárias da Instituição, professor Marcelo Ioris Koche, lembra que a UNIGRAN tem “batido nessa tecla” há alguns anos, difundindo a cultura do Empreendedorismo entre todos os seus ID_CURSOs de graduação e pós-graduação. Em sala de aula, ele leciona a disciplina de “Jogos de Empresas”, no ID_CURSO de Administração. “A idéia é que todo mundo tem que ser empreendedor, mas muito se tem falado e pouco se tem feito, tanto que em outros lugares somente os estudantes de Administração e de Ciências Contábeis entram nesses Jogos do Sebrae. Na UNIGRAN, está ocorrendo uma grande interdisciplinaridade, o que justifica as inscrições de estudantes de vários ID_CURSOs”, disse o coordenador. Independentemente do desempenho das equipes da Instituição, o professor Marcelo Koche entende que a participação dos acadêmicos no “Desafio Sebrae 2002” já é uma vitória que mostra a confiança deles em sua formação. “Nós já trabalhamos com esta proposta há dois anos. Os jogos do Sebrae são muito parecidos com os nossos, se não forem iguais, e representam uma grande oportunidade de eles colocarem em prática a teorias de gerenciamento de negócios, de trabalho em equipe, tendo conversas e discussões como no ambiente de trabalho futuro. A diferença entre essa competição virtual e a real, é que nessa é permitido errar”, sintetizou. O prazo para inscrever-se no “Desafio Sebrae 2002” termina em 14 de julho. Na UNIGRAN, informe-se na coordenadoria do ID_CURSO de Administração de Empresas. Na Internet, acesse o site www.desafio.sebrae.com.br .
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran