05/12/2006 15:16

ID_CURSO de Biomedicina promove aulas de saúde pública na comunidade.

Crianças da creche André Luiz aguardam início de teatro de fantoches com temas que ensinam hábitos de saúde.
A mensagem que eles levam para as crianças é não ter medo de vacina e se alimentar bem. Acadêmicos do 3º ano de Biomedicina da UNIGRAN estão fazendo um trabalho de educação em saúde, junto à comunidade, que combina diversão com informação. Na sexta-feira (1), um grupo visitou a Creche André Luiz, que fica na Vila Amaral, onde falaram sobre doenças que podem ser evitadas pela vacinação, alimentos saudáveis e outros hábitos para a boa saúde. O teatro e muitas brincadeiras foram são os meios escolhidos para chamar a atenção das crianças para o tema. “A intenção de se trabalhar com crianças é que elas levem e coloque em prática os aprendizados adquiridos aqui, em suas casas juntamente, com suas famílias”, disse a professora Poliana Borges, da disciplina de Saúde Pública. Ela está orientando esse projeto de extensão que, além de ensinar sobre saúde e higiene, promove a interação dos acadêmicos com a comunidade. “A saúde coletiva é um dos campos de atuação do biomédico e esperamos com que essas atividades incentivem os alunos a promoverem saúde aonde forem”, disse a professora. Mas não é só informações os acadêmicos difundem. No lugar de doces, os alunos levaram muitas frutas e balões coloridos para o lanche com as crianças. Num ar festivo como esse, a aula se torna um momento agradável e marcante para a criança que depende de um abrigo fora do lar. Por isso que, para o estudante Rodolfo Ribeiro Gomes, a importância desse trabalho de extensão vai além do lado profissional. “Vir à creche e se relacionar com as crianças, não só como acadêmico, mas como ser humano, é uma experiência inesquecível. Ver o sorriso de uma criança não tem preço”, disse. Com demonstrações assim de solidariedade, a diretora da Creche Josefina Fernandes Capilé se disse emocionada com a presença dos alunos. “Estou emocionada com vocês aqui, atendendo a essas crianças que precisam tanto de carinho, e quero agradecer de coração por essa visita”, agradeceu dona Josefina. Ela explicou que a creche, a primeira de Dourados, vive de doações voluntárias do público em geral ou determinadas pelos Juizados Especiais da Comarca, e com quase nada de reID_CURSOs oficiais. Mesmo assim, ela acolhe 123 crianças de um ano e oito meses a cinco anos de idade, para as mães poderem trabalhar sossegadas. A creche emprega cinco professoras de Educação Infantil e várias funcionárias, encarregadas do preparo das refeições e da limpeza. A próxima visita dos alunos de Biomedicina será à comunidade do Conjunto Estrela-Verá, nesta quinta-feira. (CN – AV – JR)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran