13/11/2006 16:06

Acadêmicos de Administração fazem visita técnica à Coca-Cola.

Grupo de 28 alunos de Administração de Empresa e Agronegócios conheceram fábrica que detém o maior share de mercado de refrigerantes do país.
Conhecer a gestão de um grande negócio e confirmar que, na prática, a teoria é a mesma. Alunos do 3º e 4º anos de Administração de Empresas e de Administração de Agronegócios da UNIGRAN foram a Campo Grande, dia 4, ver de perto porque a fábrica da Coca-Cola do Estado é maior da empresa no país, em percentuais de participação no mercado de refrigerantes. Com mais de 280 empregados, a indústria coloca seus produtos em quase cem por cento dos pontos de venda de Mato Grosso do Sul e sudoeste de Goiás, sem a necessidade de intermediários. Segundo Roberti André da Silva Filho, professor da Instituição, nas disciplinas de Administração de Materiais e Planejamento Estratégico, os estudantes viram com mais clareza a importância de alguns fundamentos da Administração, como a valorização da marca, do produto e da embalagem, e das logísticas de distribuição de produtos e gestão de estoques. A visita deu chance aos 28 participantes da aula de campo de verem o funcionamento das teorias da Administração que mantêm a Cola-Cola em posição de liderança. Por meio de uma logística de distribuição muito eficiente, a empresa coloca seus produtos à disposição dos consumidores em praticamente todos os postos de venda. Esse é o ponto forte das estratégias da empresa, entende Roberti Silva. “Uma das características da Coca-Cola é vender diretamente, sem contar com terceiros. A gente viu a importância dessa estratégia para a manutenção de mercado; primeiro, em relação à eficiência dela em levar o produto à disposição do consumidor e, na medida em que aumenta a participação em determinado ponto de venda, ela diminui a do concorrente. [E] além de tomar o espaço da concorrência, toma o dinheiro do mercado, porque as vendas são à vista, na maior parte”, analisou o professor. Por ter um produto de alto giro, a empresa consegue impor suas condições de venda. Nesse aspecto, ela precisa garantir a eficiência também na gestão de seus estoques. Isso implica administrar um sistema sofisticado de informações e de tomadas de decisões, do qual depende a rentabilidade da empresa – quanto mais rapidamente girarem os estoques, maior é o ganho final. Mas para chegar a essa condição, a Coca-Cola agregou muito valor a sua marca. Essa é outra importante lição que ficou para a turma. “Muito embora seja a Coca-Cola, com a aparência de empresa extremamente grande – e, realmente, é grande e complexa – mas o processo de fabricação é simples e a gestão do negócio é a grande coisa que os alunos têm como modelo, por exemplo, sobre como trabalhar uma marca. A marca vale muito mais que o produto em si”, disse o professor. Na excursão à fábrica da Cola-Cola, os alunos conheceram a sua linha de produção e participaram de palestras ministradas por funcionários da empresa. (JRA)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran