28/08/2006 20:28

Palestras enfocam competências do biomédico.

Biomédico José Reynaldo fala do tratamento da água servida à população, no município de Glória de Dourados.
Para mostrar as perspectivas profissionais aos acadêmicos, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e a Coordenação do ID_CURSO de Biomedicina da UNIGRAN realizaram, na quinta-feira, o “1º Ciclo de Palestras da Biomedicina”, no anfiteatro da Instituição. Um dos palestrantes convidados foi o biomédico José Reynaldo Barreto Junior, chefe do Departamento de Água e Esgoto de Glória de Dourados, que apresentou sua experiência em análise ambiental, uma das competências do biomédico previstas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Com o professor Jose Arthur da Silva Emim, farmacêutico e doutor em Farmacologia, os acadêmicos debateram a participação de biólogos e biomédicos no processo de evolução da terapia medicamentosa. “Queremos trazer ao acadêmico todas as áreas nas quais ele pode atuar, mostrar outras possibilidades além da análise clínica, [e] tudo de novo que estiver saindo na área, a coordenação trará para o ID_CURSO”, ressaltou a coordenadora do ID_CURSO, professora Valdelice Oliveira Burgos. Ela adiantou que novas palestras deverão enfocar outras competências e campos de ação dos biomédicos, além dos que foram discutidos no dia 23. Barreto Júnior dividiu com os acadêmicos sua experiência na implantação do processo de análise no Departamento de Água, desde o projeto inicial. Ele chamou a atenção para os riscos de uma água não tratada para a população e para a responsabilidade do profissional de fazê-la chegar com qualidade até a torneira do usuário. Assinalou cuidados com limpeza e conservação de caixas d’água, casos de oxidação de tubulação e a competência técnica de fazer análises microbiológicas e químicas de seu trabalho como biomédico. Emim tratou da pesquisa em estudos farmacológicos como campo de trabalho do biomédico, que atualmente integra equipes multidisciplinares. “Convivi com muitos biomédicos, trabalhando em pesquisa básica e fazendo estudos farmacológicos para evidenciar ações de novos princípios ativos de plantas medicinais”, experiência que ele considera muito importante ser passada aos acadêmicos. Segundo parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE), o biomédico está “capacitado ao exercício de atividades referentes às análises clínicas, citologia oncótica, análises hematológicas, análises moleculares, produção e análise de bioderivados, análise bromatológicas, análises ambientais, bioengenharia e análise por imagem”. (CN-CM-JRA)
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran