04/03/2005 11:13

Especialista em doenças profissionais faz novo alerta contra a DORT.

Prof. José Ronaldo recomenda atividades físicas e a análise das condições de trabalho na prevenção da DORT.
Na semana internacional de prevenção contra os distúrbios ósteo-musculares relacionados ao trabalho (DORT), conhecidos, também, como lesões por esforços repetitivos (LER), o professor e coordenador da Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN, José Ronaldo Veronesi Junior, adverte sobre a necessidade de se intensificar a prevenção. “Hoje, vemos indivíduos com 28 anos de idade aposentarem-se, totalmente incapazes, não só para o trabalho, mas também de realizar atividades do dia-a-dia”, disse o professor. Ele é membro da Sociedade Brasileira de Fisioterapia do Trabalho (Sobrafit) e autor do livro sobre perícia judicial “LER e DORT – Perícia Cinésico-Funcional para a Justiça”. Desde o ano 2000, a Organização Mundial de Saúde, sindicatos e outras associações profissionais lembram o último dia de fevereiro como Dia Internacional de Prevenção contra a LER e a DORT. Segundo o professor Veronesi Junior, essas doenças que podem afetar qualquer parte do corpo – mas, principalmente, os membros superiores e a coluna cervical, conforme a atividade – se tornaram uma epidemia. Os sintomas da DORT podem iniciar como uma dor localizada de baixa intensidade e evoluir para sensações formigamento, dores fortes, cansaço e fraqueza muscular. “Só que é possível se prevenir contra essas doenças”, afirma o professor. Ele diz que, no ambiente de trabalho, é fundamental ter um mobiliário ergonômico, ou seja, em que se evite a ocorrência de tensões musculares – como, por exemplo, um teclado de computador com base especial para o descanso dos punhos do digitador. O local também deve ter iluminação e temperatura confortáveis, e ser isento de poluição sonora. Na prevenção é importante, ainda, a postura física com que o trabalhador permanece longo tempo em pé ou sentado. A coluna deve permanecer ereta e não se deve apoiar o corpo sobre apenas um lado. “Também, é muito importante, fazer atividades físicas diariamente: alongamentos, academia, caminhadas, natação e Ioga, por exemplo, reparam o sistema muscular”, disse o professor Veronesi.
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran