22/06/2004 14:29

Projeto da Clínica de Fisioterapia busca reduzir incidência de doenças relacionadas ao trabalho.

Prof. José Ronaldo (sentado), com o diretor da Sobrafit, Eduardo Ferro, coordena o projeto. Dia 25, ele lança livro sobre perícia judicial e DORT.
Dores freqüentes nas costas, dores de cabeça e mal-estares podem ser alguns dos sintomas das chamadas lesões por esforço repetitivo (LER), que foram renomeadas para distúrbios ósteo-musculares relacionados ao trabalho (DORT), denominação que amplia os estudos e as formas de tratamento dessas lesões que podem afetar desde as articulações de um dos dedos até um dos membros e a coluna vertebral. Em estágio avançado, a DORT pode levar ao enfraquecimento muscular e à perda de movimentos. Segundo levantamentos do INSS, cerca de 90% dos trabalhadores possuem algum sintoma da doença. Contribuindo para reduzir esse percentual, nesta semana, a Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN iniciou um projeto de prevenção e de tratamento contra as doenças decorrentes da ocupação dos pacientes, no trabalho ou em casa. O atendimento é gratuito e aberto a pessoas físicas e empresas de toda a comunidade. O professor José Ronaldo Veronesi Junior, coordenador da Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN e perito judicial da Justiça do Trabalho, acredita que haverá grande procura por essa assistência. “Nós já firmamos convênio para atendimento de funcionários de um supermercado e estamos oferecendo assistência também ao pessoal da Instituição”, disse o professor que desenvolveu um ID_CURSO de formação em Perícia Judicial que é homologado pela Sociedade Brasileira de Fisioterapia do Trabalho, SOBRAFIT. Dessa experiência pioneira no país, ele escreveu um livro que será lançado na próxima sexta-feira, 25, em solenidade na biblioteca da UNIGRAN, às 21h00. O livro “Perícia Judicial – Doenças Profissionais LER e DORT – Perícia Cinésica-Funcional para a Justiça – Modelos e Legislação Comparada” (Editora Pilares, SP, 159 p.) é dirigido a advogados e estudantes de Direito, bem como aos acadêmicos e fisioterapeutas interessados em se especializarem nessa área da profissão. “O livro fala sobre todo aspecto de perícia, de leis e faz uma abordagem sobre a relação das doenças com o seu nexo causal ao nível da atividade laboral, no qual o fisioterapeuta poderá estar atuando também”, adiantou o professor.
Comentários

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran