Revista Multidisciplinar da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde da Unigran | ISSN-1981-3775

Os artigos deverão ser enviados, exclusivamente, por email: interbio@unigran.br

QUALIDADE DE VIDA E ROTINA DO CUIDADOR FAMILIAR DE IDOSO COM DOENÇA DE ALZHEIMER: ESTUDO DE CASO

QUALITY OF LIFE AND ROUTINE OF THE OLDER FAMILY CAREGIVER WITH ALZHEIMERs DISEASE: CASE STUDY.

Autores:

OWERGOOR, Maristela Aparecida1; MANOEL, Denise de Matos2

Baixe o Artigo aqui (pdf)

Resumo:

O crescimento da população idosa é um fenômeno mundial e, por isso, há um aumento das doenças degenerativas. A Doença de Alzheimer (DA) é uma forma de demência que compromete a integridade física, mental e social do idoso, havendo necessidade de um cuidador. Cuidar de um familiar com DA é um processo que acarreta o desgaste físico e emocional. O presente trabalho é um estudo de caso descritivo e qualitativo com o objetivo de analisar os impactos da DA sobre rotina e QV de um cuidador familiar. Foi utilizado um roteiro de entrevista com questões abertas, sobre temas relativos às dificuldades enfrentadas pelo cuidador na sua rotina e do significado de ocupar essa função, além do WHOQOL-Bref. A análise de dados foi feita com a leitura criteriosa da entrevista, o WHOQL – Bref foi corrigido e comparado com as verbalizações do participante. Os resultados obtidos mostram que a cuidadora precisa melhorar nos domínios físico, social e meio ambiente. É importante medirmos os domínios na QV do cuidador do paciente com DA, pois eles nos mostram que a qualidade de vida de uma pessoa não pode ser considerada apenas como ausência de doenças, mas engloba atributos como conforto, sensação de bem-estar, capacidade de manter funções físicas, emocionais e habilidade para participar de atividades com a família, no trabalho e na comunidade. Dessa forma, a melhoria na qualidade de vida do cuidador pode contribuir para diminuir o seu próprio processo de adoecimento e exaustão.