UNIGRAN e Loja Maçônica festejam mais um ano letivo do Projeto de Alfabetização de Adultos.

Em solenidade organizada sábado, a voluntária social Cecília Campos (à mesa, de azul) valorizou a persistência dos alunos e dos parceiros do Projeto.
As aulas do calendário de 2002 do “Projeto de Alfabetização de Adultos” terminaram sábado em clima de férias. “Eu estou faceira e no ano que vem vou estar aqui de novo. Quero ir mais alto e não vou ficar só nisso não, quero subir mais”, disse a motivada dona-de-casa Claudinéia Rodrigues, de 36 anos de idade e mãe de sete filhos, agradecendo aos apoios recebidos da UNIGRAN, da acadêmica de Pedagogia e professora de alfabetização Márcia Luciana Pereira da Silva Marcondes, dos colegas de sua turma e do “Departamento Feminino Estrela do Amanhã”, pertencente à Loja Maçônica Ceres 9, que fica no Jardim Flórida II. “Você viu, eu ganhei honra ao mérito, que chic, não?”, falou ao repórter enquanto lia os dizeres do certificado que acabara de receber. A professora da turma do “Estrela do Amanhã” expressa a mesma motivação. Dos dezessete alunos mais assíduos de sua turma, pelo menos três já podem prosseguir os estudos em nível de Educação de Adultos, ou Supletiva, em 2003. Nesse Projeto de Extensão da Instituição, que completa 13 anos, a pessoa só é considerada alfabetizada, de fato, quando é capaz de escrever, de interpretar o que lê e de efetuar as quatro operações matemáticas básicas. O restante da turma está perto de alcançar esse patamar do conhecimento. “É uma vitória para todos nós. Em primeiro lugar é um trabalho que me ensinou muito, um trabalho com pessoas adultas, que com todas as suas dificuldades sociais, e até mesmo pedagógicas, venceram tudo isso; vieram para cá estudaram e estão vencendo os obstáculos”, disse Márcia Luciana. Para comemorar mais um ano de êxito para o Projeto de Alfabetização, as senDATA_HORAs do “Estrela do Amanhã”, Departamento presidido pela empresária Cecília Campos de Menezes, organizaram uma festa para a entrega aos alunos de Certificados de Freqüência. A maioria da turma é composta por donas-de-casa ou trabalhadoras domésticas que vão às aulas aos sábados acompanhadas de seus filhos. Neste ano, as crianças também passaram a ter um acompanhamento de acadêmicos da UNIGRAN. Durante o horário de aula, eles entretêm as crianças em atividades de recreação e lazer organizadas dentro de programas de extensão nas áreas de Psicologia Infantil e da Educação, supervisionados por professores. É o “Projeto Estrelinha”, que complementa o de Alfabetização na atenção afetiva e pedagógica às famílias das alunas. Além disso, a Loja Maçônica faz doações mensais de cestas básicas de alimentos aos alunos. “As cestas ajudam a gente vocês não imaginam o quanto”, disse uma das alunas. Sábado, o “Departamento Feminino Estrela do Amanhã” fez a distribuição de cestas básicas especiais e brinquedos que foram obtidos da solidariedade de empresários do Município e do empenho de pessoas ligadas à “Ceres 9”, como a professora Fátima Dorta e a empresária Shirley Zarpelon. “Nós conseguimos montar uma cesta natalina magnífica, porque vocês [os alunos] merecem pela persistência o ano todo”, falou Shirley. “A nossa comunidade se sente muito honrada em ter pessoas como vocês, trabalhadoras, guerreiras, sonhadoras, que estão vislumbrando um futuro promissor e um lar próspero e sadio”, acrescentou o presidente da “Ceres 9”, engenheiro Rubens Di Dio, referindo-se aos alunos do Projeto e aos acadêmicos, e destacando a dedicação das integrantes do Departamento Feminino daquela Loja Maçônica, bem como “a parceria atuante da UNIGRAN”, como definiu. A diretora da Faculdade de Educação da UNIGRAN, professora Iuderce Michelin de Almeida, retribuiu o agradecimento por essa parceria que promete ainda mais realizações no próximo ano. “Para a UNIGRAN, é uma satisfação muito grande, porque uma das funções da Universidade é estar apoiando, subsidiando projetos que são para a comunidade, de levar à comunidade coisas úteis para, realmente, estar colaborando para uma melhor qualidade de vida das pessoas”, declarou a professora. Neste ano, a UNIGRAN manteve duas turmas de alfabetização em parcerias com o “Clube de Mães Mamãe Dolores”, que fica no bairro BNH IV Plano, e com o Departamento Feminino da Loja Maçônica Ceres, além de uma turma de “Reforço Escolar”. Esse Projeto funciona na própria Instituição e é dirigido para pessoas que só têm o antigo Primário e voltaram a estudar depois de muitos anos.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran