UNIGRAN faz campanha pelo fim do copo descartável

O copo descartável geralmente é visto por muitos como um utensílio prático e econômico, mas se quem o utiliza pensar um pouco lá na frente e analisar os resultados desse uso, pode se assustar com as consequências, principalmente para o meio ambiente. Preocupada com a questão, a UNIGRAN iniciou a campanha “Acopolipse”, com o objetivo de conscientizar os acadêmicos e colaboradores para o fim do uso do copo descartável.

Com o slogan ‘Não deixe que o acúmulo de copos descartáveis se transforme em um transtorno para as gerações futuras’, a campanha estimula a adoção de canecas ou outros recipientes reutilizáveis.

Segundo Ângela Midori, diretora da Faculdade de Ciências da Saúde, poucas pessoas conseguem contribuir com o meio ambiente no dia a dia, embora estejam conscientes. “Há muito tempo o mundo tem se preocupado com o meio ambiente, mas apesar de haver uma consciência coletiva, na prática, no dia a dia, muitas vezes nada ou pouco acontece. Diante disso, a nossa proposta foi achar uma forma de auxiliar a comunidade acadêmica a implantar uma medida de proteção do meio ambiente na rotina diária. E importante lembrar também que os casos de dengue têm aumentado significativamente e muitos desses materiais ainda são depositados em locais adequados, tornando um criadouro do mosquito”, explicou.

Ainda segunda ela, quem tem dificuldade de abandonar definitivamente o uso copo plástico, pode começar a participar da campanha usando apenas um durante o dia, que já está contribuindo com a iniciativa.

Para incentivar a participação na campanha, no início deste ano a UNIGRAN doou uma squeeze para cada aluno, o que garantiu uma adesão maciça e ainda a diminuição do consumo de copos descartáveis na instituição.

A maior parte do consumo de copo descartável é feita em ambientes coletivos, como escritórios, indústrias, repartições públicas, comércios ou outros locais e eventos com concentração de pessoas e são justamente esses lugares que apresentam maiores dificuldades para a lavagem de recipientes reutilizáveis após o consumo.

A produção de um copo descartável gasta de 500 ml a três litros de água, além da energia elétrica e matéria-prima para a sua produção e do combustível para a distribuição. No Brasil, são consumidos 720 milhões de copos descartáveis diariamente. Apesar de ser reciclável, por falta de mercado, a taxa de reciclagem desse material no país é baixíssima. Bem próxima de zero.

No mundo, por ano, são produzidas 250 milhões de toneladas de plástico e cerca de 35% desse montante são usados apenas uma vez, por 20 minutos.  80% do plástico encontrado no mar têm origem em atividades em terra (domésticas, industriais e agrícolas). Se a população não mudar o consumo, em 2050 teremos mais plástico que peixes nos oceanos, segundo pesquisas.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran