Consultora da Hoper Educação ministra palestra sobre evasão no ensino superior e gestão de permanência

Corpo docente da UNIGRAN recebe consultora da Hoper Educação para palestra sobre evasão e gestão da permanência

A plataforma de gestão da permanência, que faz parte da jornada de acadêmicos do Ensino Superior, vem ganhando cada vez mais espaço e relevância no cenário educacional. O último senso mostra que dos mais de dois milhões de alunos que ingressaram no Ensino Superior em 2010, só 34% se formaram. Mais de um milhão de pessoas desistiram de estudar por motivos diversos.

E, para iniciar os trabalhos do primeiro semestre de 2019, o corpo docente da UNIGRAN recebeu uma palestra sobre o tema: ‘Gestão de permanência - a busca pelo sucesso do aluno’. A convidada foi a professora Daniele Brenha Piazzi, consultora de marketing educacional na Hoper Educação.

A evasão no Ensino Superior é um tema que assusta muitos gestores educacionais e ainda é pouco discutido nas instituições, segundo a palestrante. A maior parte das pessoas acredita que isso acontece por motivos financeiros, mas na verdade, o financeiro é um das centenas de motivadores que causam a desistência no ensino superior.

A ideia da palestra foi mostrar como o professor pode trabalhar com a gestão da permanência, enquanto educador. “Geralmente a responsabilidade é transferida para a instituição com um todo. É importante que o professor seja peça fundamental para fazer com que o aluno não desista de estudar”, afirma Daniele.

A gestão da permanência eficaz é suportada por três pilares: a experiência do aluno, o suporte acadêmico e a atuação preditiva. Com o foco no trabalho de maneira coordenada e sistêmica, fazendo parte da estratégia de negócio da instituição, a ferramenta garantirá não só a melhora nas taxas de retenção, mas também o sucesso do aluno, e por consequência, o sucesso da instituição.

A experiência do aluno tem como foco conhecer o estudante. É o que ocorrerá durante toda a jornada acadêmica, essa experiência abrange aspectos de integração social e acadêmica, desenvolvimento acadêmico e intelectual, o passado dele enquanto estudante, de onde ele veio, qual ensino teve, quais competências e habilidades que ele tem e até mesmo saúde emocional.

Focado na área acadêmica e desenvolvimento efetivo do corpo docente, o suporte acadêmico deve acontecer dentro e fora da sala de aula, especialmente durante os dois primeiros anos da graduação, é fundamental para o processo de decisão de permanecer no curso ou na instituição. “Cada um aprende de um jeito, existem muitas formas como, por exemplo, metodologias ativas, que ajudam neste processo de ensino-aprendizagem”, avalia a consultora.

Quanto à atuação preditiva, o foco deste pilar baseia-se na tecnologia, big data e visão analítica. Trabalhar com a identificação precoce – antes e depois da matrícula do aluno – e com a intervenção antecipada, intensiva e contínua. O método é atuante antes da evasão acontecer. Com base no comportamento do aluno e no histórico de quem saiu da instituição, é possível prever quem vai sair e antever antes de isso acontecer.

Esta é uma metodologia nova no Brasil, mas que é trabalhada há muitos anos em outros países com conceito de ‘sucesso do estudante’ e não somente a retenção para evitar a evasão.

“Geralmente, as instituições de ensino não se atentam muito para evasão. O gestor financeiro ou administrativo quando faz a conta se assusta, porque uma pessoa que sai da instituição é uma vaga ociosa e representa uma perda financeira, mas eu destaco que muito mais que a perda financeira, é a perda que temos como sociedade, é uma pessoa que deixou de estudar. Isso deveria ser levado com seriedade por toda comunidade acadêmica. Nós, professores, temos uma grande responsabilidade como educadores. A nossa missão é de educar e transformar a sociedade”, finaliza Daniele Brenha Piazzi.

Mais palestras

Durante a semana de aprendizagem, os professores ainda participaram de uma palestra sobre ‘Saúde Vocal’, com o fonoaudiólogo Ademir Baena Garcia, que abordou a importância da voz como instrumento de trabalho e uma atualização sobre o ‘Google Classroon’.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran