Ensaio: Ser Índio é!

*Ismael Morel Aerques Ser Índio é pintar o corpo e viver nu; Ser Índio é amar a natureza, respeitá-la, sabendo que dela sai o seu alimento; Ser Índio é viver feliz por entre as matas em busca de aventuras; Ser Índio é pescar, caçar e ser feliz; Ser Índio é não ter vergonha e ter orgulho de si e enfrentar o inimigo; Ser Índio é tomar a chicha e comer mbejý com a comunidade; Ser Índio é agradecer ao Deus Tupã pela terra, pelo sol e pela chuva; Ser Índio é dançar quáchire e bate-pau todos os dias; Ser Índio é chegar a homem branco e dizer: "mi ser Índio com muito orgulho". Ser Índio é ser livre. Ser Índio é isso tudo e muito mais. É não ter vergonha do sangue que corre em suas veias, enfrentar a sociedade "branca". É vencer a discriminação e com muita convicção chegar lá e dizer: "Eu também posso e consegui". Ser Índio não é viver com duas ou três garrafas de álcool por aí a perambular; Ser Índio é acreditar em cada novo amanhecer que chega; Ser Índio é viver a vida, acreditar em simples fatos; Ser Índio é ser você mesmo. * Ismael Morel Aerques, é um dos representantes da etnia guarani-kaiowá, natural de Amambai, que estudam no ID_CURSO de Educação Física da UNIGRAN.

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran