Significado da Páscoa deve ser repassado às crianças

Coordenador da Pastoral Universitária comentou que mesmo a comemoração religiosa da Páscoa pode ser alegre e descontraída
Quando se pensa em Páscoa, a primeira ligação é feita ao ovo de chocolate, aos coelhinhos e ao bem-vindo feriado, que propicia alguns dias de descanso na vida atarefada de muitos trabalhadores. Com isso, as pessoas acabam se esquecendo do que é verdadeiramente comemorado na Páscoa. É sobre isso que fala Fábio Henrique Cardoso Leite, professor de Filosofia e coordenador da Pastoral Universitária da UNIGRAN. A Páscoa é um feriado cristão que celebra o renascimento de Cristo e com isso, a possibilidade de cristãos, através da conversão, darem a vida pelo outro, ajudarem o outro. Mas como resgatar essa simbologia religiosa sem perder a tradição comercial do chocolate, já enraizada na nossa cultura? “É um pouco complexo essa situação, porque queira ou não queira você vai trabalhar com símbolos”, responde Fábio. O coordenador da Pastoral Universitária esclarece que é importante ver os significados da data e, por isso, é preciso conciliar comércio e fé. Segundo ele, essa necessidade de buscar a simbologia da data acontece, principalmente, para resgatar valores que vem se perdendo com o tempo, pela dificuldade que as pessoas encontram de repassar a o significado da Páscoa. Durante o período da Páscoa é comum vermos várias pessoas fazendo sacrifícios como, por exemplo, ficando quarenta dias sem comer algo. Entretanto, o professor questiona a razão da penitência. “O dinheiro que você não gastou nesses quarenta dias, você reverteu pra alguém? Nessa perspectiva de quarenta dias de sacrifício, será que eu estou me convertendo? Será que eu estou ajudando o outro também a se converter? Não fazendo isso, há um ponto de interrogação”, aponta Fábio Leite. Essa perda do lado filantrópico da data, na opinião do coordenador, é o que torna o lado comercial mais apelativo. Sem os símbolos adequados, tudo o que resta são os ovos de chocolate. “Do que vale a quaresma? Do que vale comemorar a Páscoa? Por isso que nós entramos na perspectiva comercial da coisa”, afirma. Contudo o filósofo dá uma dica na aliança entre simbologia e o ovo de chocolate, explicar o significado da ressurreição às crianças. “O coelho macho botando o ovo de chocolate. Pra quê? Qual a simbologia de tudo isso para nós cristãos? Então as crianças hoje estão perdendo o foco maior, que é Cristo ressuscitado dentro da família também. Os exemplos com os pais, com os irmãos. Então a criança fica muito ‘o que eu vou ganhar, qual o número do ovo que eu vou ganhar’, e a família esquece de mostrar o bem maior, que é Cristo ressuscitou por nós”, finaliza o coordenador da Pastoral Universitária.(TL/CJ/MC)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran