Jornada Acadêmica de Psicologia aborda Psicodrama e fofoca como temas

programação do evento conta com palestras e miniID_CURSOs
As palestras desta quinta-feira (29), da VIII Jornada Acadêmica de Psicologia, que contou com a presença de professores alunos da UNIGRAN e de outras instituições e ainda profissionais da área, abordaram o “Psicodrama:...a completa realidade de um viver...”, ministrada pela psicóloga e psicodramatista Leile Silvério, e a “Fofoca como expressão humana” proferida pela psicóloga e professora da UNIGRAN Carla Esteves. De acordo com Leile Silvério o tema visa auxiliar o aluno na perspectiva de atendimento em grupo, individual e em comunidades de baixa renda, diferenciando dos outros trabalhos por serem realizadas em um período mais curto que as demais terapias. “Este trabalho permite a abordagem do homem em sua totalidade, ou seja, sua espontaneidade ou totalidade, o homem participando do universo como criador”, destacou a psicóloga. Segundo ela a base da teoria, elaborada pelo romeno Jacob Levy Moreno está relacionada com a vida dele, durante o processo de criação de técnicas comportamentalista. A abordagem, segundo Leile, permite que os estudantes conheçam mais o universo que envolve o psicodrama, que é uma abordagem que admite diversas terapias que vão além do tradicional divã, podendo ocorrer em um palco, igreja, praça, fugindo do perfil do atendimento convencional. Os conceitos básicos que envolvem a Teoria Moreniana são o momento, a espontaneidade, criatividade, encontro, conserva cultural, o papel de cada um e as etapas de desenvolvimento. FOFOCA O tema ‘fofoca’ foi debatido com os alunos sob a visão científica, tendo-a como uma função social, um meio para as pessoas se comunicarem. “Através da fofoca as pessoas calibram seu psiquismo, assim entram em equilíbrio consigo mesma. Elas utilizam a fofoca como meio de projeção”, disse a professora Carla Esteves. Ela detalhou que esse ID_TIPO de conversa deixa de ser natural a partir do momento que se torna exagerada, podendo ser uma síndrome social, ou seja, torna-se uma questão patológica. “Uma das características de um fofoqueiro é o narcisismo. Às vezes as pessoas projetam na outra sua insatisfação ou desejo”, explicou. Conforme o Tratado Geral sobre fofoca, 40% das conversas no mundo se baseiam em fofocas e, segundo Carla, o mundo virtual está recheado de fofocas e as pessoas não sabem como lidar com isto. “A principal forma de se evitar fofoca, ou até mesmo de ser vítima dos fofoqueiros é procurar não fazer ou ouvir comentários maldosos”, esclareceu. MINIID_CURSOS A Jornada Acadêmica de Psicologia contou ainda com dois miniID_CURSOs: Noções básicas do teste palográfico, por Zulmira Verão e “A família, seu drama e o psicodrama”, com a professora da Unifesp Leile Silvério. Os miniID_CURSOs foram realizados nesta sexta-feira. (RS)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran