Ração Humana deve ser consumida com atenção, alerta professora Rita Mendes

Professora Rita convida a comunidade acadêmica a prestigiar as atividades de promoção à saúde que serão feitas nesta 3ª e 4ª feiras, na UNIGRAN
Adotada por muitos adeptos para a perda do peso, a conhecida ração humana deve ser consumida com atenção. Sua ingestão precisa ser de forma moderada, sem substituir as principais refeições, como o almoço e o jantar. Não há receita milagrosa para o emagrecimento, é o que alerta a coordenadora do ID_CURSO de Nutrição da UNIGRAN, Rita de Cássia Dorácio Mendes. A professora adverte que muitas pessoas têm utilizado o produto de forma inadequada, o que pode ocasionar em déficit de nutrientes. “O beneficio da ração humana consiste no seu valor nutricional. Nela encontramos, por exemplo, Ômega 3 e Isoflavona, essenciais para a dieta, contudo a ração humana não deve ser consumida como base de uma alimentação. As refeições possuem outros valores nutricionais não preenchidos por ela, como o Ferro”, explica a nutricionista. O erro mais comum é como a sociedade vem administrando o consumo desse produto. A professora observa que a ingestão de forma exagerada de um único alimento pode provocar aversão, podendo deixar a pessoa sem nutrientes importantes, encontrados apenas nas refeições do almoço e do jantar. “Muitos retiram os alimentos que fazem mal e que contribuem para o aumento do peso, adicionam a ração no cardápio e acreditam que o emagrecimento é consequência dela. Isso não é verdade. Essa perda de peso consiste na retirada de alimentos sem valor nutritivo”, enfatiza Rita Mendes. A fórmula para o emagrecimento, apresentada por especialistas, continua sendo a alimentação saudável associada com a prática de exercício físico. Cada pessoa tem um metabolismo diferente, assim como o consumo de energia, daí a importância de procurar a ajuda de um profissional habilitado para a elaboração de uma dieta balanceada e também para calcular os valores diários de calorias a serem consumidas ao longo do dia. “Comer bem pouco faz com que a pessoa perca massa muscular, sendo reposta rapidamente tudo o que perdeu. Na nutrição temos um cálculo que chamamos de taxa de metabolismo basal, que apresenta os valores calóricos consumidos pelo organismo durante o dia. Com ele podemos ter uma base da quantidade de calorias necessárias para manter o funcionamento do corpo de forma adequada” destaca a nutricionista Rita Mendes. Promoção da Saúde Nesta terça-feira, (6), das 19h às 21h30 e quarta-feira, (7), das 7h30 às 9h30, acadêmicos do 7º semestre do ID_CURSO de Nutrição estarão realizando na UNIGRAN palestras de promoção e prevenção a saúde. O trabalho destaca a competência e habilidade de atendimento coletivo, que faz parte da grade curricular do ID_CURSO. Na apresentação serão abordadas as três áreas de atuação do nutricionista, sendo elas a nutrição clínica, social e alimentação coletiva. Os universitários, sob supervisão de professores, irão falar sobre a Síndrome Metabólica, a desnutrição infantil, os dez passos de uma alimentação saudável, orientação sobre a ração humana, higiene pessoal e doenças vinculadas ao hábito alimentar. Núcleo de Nutrição Interessados em consultar com profissionais da área de nutrição podem procurar o Núcleo de Nutrição da UNIGRAN, localizado na Rua Antonio Emilio de Figueiredo, 1725, telefone 3411- 4214. Atendendo desde 2005, o núcleo busca promover a alimentação saudável através do atendimento à comunidade. As consultas são individuais e realizadas pelos alunos do 7º e 8º semestres, sob a supervisão de uma professora nutricionista. O atendimento é gratuito para a população carente. (RS)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran