Intervenção odontológica deve ser feita com evidência, diz pesquisador

Dentista Jaime Cury foi o palestrante da abertura da II Jornada de Odontologia da UNIGRAN, com os temas Cariologia e Prevenção.
O pesquisador Jaime Aparecido Cury diz que a intervenção do dentista em pacientes deve ser feita baseada em evidência. Ele foi o palestrante do primeiro ciclo dos ID_CURSOs da II Jornada Acadêmica de Odontologia da UNIGRAN, aberta nessa quinta-feira. Para ele, o fato de o assunto ser discutido já é um avanço no sentido não só de conscientização dos profissionais como dos pacientes, para que qualquer atividade clínica seja feita ou aceita com base na melhor evidência possível. Cury tem pós-doutorado e tem larga experiência em tratamentos de cárie, especificamente na área de pesquisa com o flúor. Cariologia e prevenção foi o tema da sua palestra. Segundo ele, quanto maior a frequência de exposição ao fluoreto (escovações do creme dental e bochecho) melhor será seu efeito anticárie. Entretanto, deve levar em consideração o risco ou a atividade de cárie individual ou po¬pulacional, tendo em vista o declínio de cárie ocorrido. A Cárie é uma doença silenciosa cuja manifestação clínica da lesão depende do tempo. Se houver algum indicador de risco ou atividade de cárie, a aplicação tópica de fluoreto é recomendável ao tratamento, explica o pesquisador. No caso do bochecho, por exemplo, o uso diário seria recomendado para pacientes com risco aumentado à cárie, como aqueles com fluxo salivar reduzido ou utilizando aparelhos ortodônticos fixos. “É fundamental conhecer o mecanismo de ação do fluoreto, pois assim é possível estabelecer programas preventivos eficientes de uso de fluoreto para cada indivíduo, ou pensando em planejamento coletivo”, ressalta. Cury alertou sobre a ingestão de flúor por crianças. O excesso provoca alteração na estética do dente. Para evitar é necessário que a escovação seja feita com pequena quantidade de creme dental. A II Jornada de Odontologia da UNIGRAN reúne profissionais e acadêmicos da região da Grande Dourados. São três dias de evento com programação de quatro ID_CURSOs e exposições de trabalhos científicos em fórum clínico e painel. O evento vai até sábado. Na abertura, a reitora Rosa Maria D’Amato De Déa, destacou a realização da Jornada, que traz renomados profissionais do País para discutir avanços científicos e tecnológicos na área da odontologia. Para assegurar a qualidade da formação dos profissionais da UNIGRAN, a reitora lembrou do forte investimento da Instituição na entrega das clínicas de Odontologia Integrada, em março deste ano, com equipamentos modernos e professores gabaritados para oferecer ensino de qualidade. O vice-presidente do Conselho Federal de Odontologia, Ailton Diogo Morilhas Rodrigues, também destacou a qualidade de ensino da UNIGRAN e ressaltou que a odontologia de Mato Grosso do Sul é uma das melhores do País. Esteve presente na abertura da Jornada o presidente do Conselho regional de Odontogia (CRO/MS), Silvano Silvestre. O evento é organizada pelos acadêmicos do 4º semestre, sob coordenação do professor André Afif Elossais. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran