"UNIGRAN Vai à Comunidade" atende à aldeia Bororó

Caravana das enfermeiras da alegria garantiu descontração e levou orientações sobre saúde a comunidade indígena durante a tarde de lazer
Indígenas da aldeia Bororó tiveram no sábado tarde de lazer com os acadêmicos de Educação Física e Enfermagem da UNIGRAN. A programação, organizada pelo Amigo do Índio, abriu as portas do Núcleo de Atividades Múltiplas (NAM) para integrar a comunidade indígena através do esporte e da recreação. E para alegrar ainda mais as brincadeiras, acadêmicas de Enfermagem foram trajadas de palhaço, despertando curiosidade nas crianças. De forma descontraída elas aproveitaram a recreação para dar orientações sobre saúde. “Brincadeira é coisa séria e é assim que aproveitamos para repassar dicas de saúde para as crianças e seus familiares”, disse a estudante Juliana Basílio. Com as colegas de sala de aula ela formou a equipe dos “Enfermeiros da alegria”, nome genérico que ainda será aprovado para se transformar em projeto de extensão do ID_CURSO de Enfermagem. Há um ano as estudantes percorrem diferentes ações sociais que desenvolvem eventos com as comunidades menos assistidas. Elas levam diversão e promovem palestras sobre a promoção da qualidade de vida. No NAM da aldeia Bororó não foi diferente. A caravana das enfermeiras da alegria, formada por seis acadêmicas, atraiu as atenções dos indígenas, que participaram com mais entusiasmo das brincadeiras na tarde de lazer. As atividades foram acompanhadas pela professora Zélia Parizotto, monitora dos projetos de ação social da Educação Física. O ID_CURSO, responsável pela recreação, desenvolve brincadeiras com a cama elástica, trampolim, pula-corda, tênis de mesa, pintura facial, jogos de dama e dominó, além de atividades esportivas com o futebol e voleibol. A indígena terena Maria Gonçalves foi uma das pessoas que prestigiou o evento recreativo. Mãe de cinco filhos, ela sempre participa das atividades promovidas pelos acadêmicos. “As crianças gostam de se divertir com os alunos da UNIGRAN. São brincadeiras diferentes que não tem no cotidiano”, observa a indígena. Muitas famílias aproveitam as tardes de lazer no NAM para colocar a conversa em dia. “Cada um de nós fica ocupado com os serviços de casa, cuidando dos filhos e aqui [NAM] aproveita para rever os amigos”, disse a indígena Ramona Marques, que encontrou a amiga Maria Gonçalves depois de dois meses. A professora Alexsandra Rossi acompanhou as acadêmicas de Enfermagem durante as brincadeiras e orientações de saúde. “É muito prazeroso levar diversão a outras pessoas”, disse, destacando o compromisso social da UNIGRAN por meio dos acadêmicos, professores e funcionários com a comunidade. Vilma Lima, estudante de Enfermagem, participou das atividades na área indígena pela primeira vez. Vestida de palhaço ela arrancou sorrisos de crianças e adultos. “Com certeza irei voltar outras vezes. Os indígenas são atenciosos e recebem a gente de braços abertos”, finaliza. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran