Profissionais devem estar preparados para mudanças do mercado de trabalho.

Superintendente do CIEE falou na UNIGRAN sobre a importância da formação continuada de gestores das áreas de Administração e Contabilidade.
Foi-se o tempo em que o diploma era garantia de emprego. Com a forte concorrência do mercado de trabalho, a busca de novos conhecimentos e a formação continuada são necessidades para manter o bom currículo, estando aberto a novas opções de trabalho. A opinião é do superintendente de atendimento do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Luiz Gustavo Copolla. Ele foi palestrante na noite de segunda-feira, aos acadêmicos de Ciências Contábeis, Administração de Empresas e Administração de Agronegócios, da UNIGRAN. Copolla foi convidado pelo professor Domingos Renato Venturini, coordenador de Ciências Contábeis, para falar sobre as exigências do mercado de trabalho e a importância do estágio acadêmico na projeção da carreira profissional. Com o tema “Estágio e empregabilidade”, o palestrante destacou o investimento particular que cada profissional deve fazer. “É muito importante ter a formação universitária, mas é necessário fazer ID_CURSOs extracurriculares e estar abertos a novos conhecimentos”, disse. Utilizando estatística nacional, mencionou que cerca de 30% dos profissionais formados não conseguem atuar na sua área. Para ele, na turbulência da competitividade o estudante sai perdendo porque não existem políticas públicas no país de inserção ao mercado de trabalho depois de formado. “Para isso desenvolvemos um trabalho junto a instituições públicas e privadas mostrando a importância de se trabalhar com jovens estudantes”. Mas a concorrência não está apenas entre os profissionais. Grandes empresas buscam a cada dia expandir seus negócios no mundo globalizado. Copolla citou como exemplo que empresas chinesas do ramo de sandálias estão levando à falência o mercado nacional, através da disputa dos preços que chegam ao consumidor. “Isso mostra que o mundo é competitivo. É preciso se sobressair”, frisa o superintendente do CIEE. Ele reitera que o mercado de trabalho precisa de profissionais capazes de gerar conhecimento, para aplicá-los dentro da realidade coorporativa; preparados a mudanças e iniciativas de construir novos projetos. Copolla lembrou que o mercado sempre estará aberto para aqueles que se preocupam com a formação, identificam suas habilidades e as enxergam se elas atendem as exigências do empregador. A prática do estágio, segundo ele, é a real avaliação da escolha da profissão, pois é no convívio com os demais profissionais da área que poderá ter melhor visão daquilo que deseja atuar. Porém, é através do estágio que irá melDATA_HORAr as condições de competitividade e se preparar para a forte concorrência do mercado de trabalho. Segundo o professor Domingos Venturini, o estágio é uma forma de mostrar o trabalho profissional ao empregador. Dessa forma os ID_CURSOs de Administração e Ciências Contábeis da UNIGRAN têm desenvolvido um trabalho de divulgação da importância do estágio para as empresas, na descoberta de novos talentos. O trabalho é feito junto a Associação Comercial e instituições do município de Dourados. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran