Pedagogo na educação não-escolar é tema de aula magna na UNIGRAN

Recebido pelas professoras Márcia Rita (dir.) e Eliana Cury, prof. Antônio Carlos Osório analisou as novas demandas e oportunidades para a profissão.
A escola não é mais o único espaço de educação formal, e é fora dela que surgem cada vez mais oportunidades para o pedagogo. Desafios também. “É importante que o ID_CURSO tenha uma leitura aprofundada sobre as mudanças que vêm ocorrendo na sociedade contemporânea”, pondera o professor Antônio Carlos do Nascimento Osório, palestrante da aula solene que abriu o ano acadêmico de 2009, no ID_CURSO de Pedagogia da UNIGRAN, na sexta-feira, 13. O professor convidado – que é doutor em educação, pedagogo e psicólogo, e coordenador do Grupo de Estudos sobre Educação e Trabalho da UFMS –, analisa que não se pode mais conceituar a educação fora de sua relação com o mercado. Isso significa reconhecer as elevadas expectativas de desempenho da atualidade. Por isso, as diretrizes curriculares para os ID_CURSOs de Pedagogia, aprovadas em 2005, orientam no sentido da profissionalização do pedagogo. Antônio Osório observa que, para tanto, é necessário mudar a orientação de sua formação acadêmica, de servidor para trabalhador da educação, focado não apenas na administração e ensino escolares, mas também na gestão da educação. “Gestão educacional não pode ser entendida como direção, supervisão... é a adequação do trabalhador a novas tecnologias, por exemplo, quando surge uma nova robótica nas empresas, é necessária a adequação do trabalhador às novidades”, disse o professor. As possibilidades se estendem para a educação profissional, área na qual faltam pedagogos, em Mato Grosso do Sul, prontos para preparar ID_CURSOs de qualificação e requalificação de trabalhadores, na educação especial, para atuar em equipes multidisciplinares de educação, além dos setores de reID_CURSOs humanos de empresas públicas e privadas. Até mesmo o rádio e a televisão estão contratando pedagogos como consultores de programas. Segundo a coordenadora do ID_CURSO de Pedagogia da UNIGRAN, Márcia Rita Trindade Leite Malheiros, os novos campos de trabalho costumam ter uma importante diferença, em relação à escola. “Ganha-se mais, sim. E ele (pedagogo) pode, além da escola, fazer outro trabalho”, disse a professora. Ela reforça que a tendência é mesmo de diversificação, com a conquista de espaços em centros de formação de condutores, hospitais e outras instituições não-escolares, além da educação infantil e básica. Por isso, o ID_CURSO da UNIGRAN está programando outras atividades a respeito de mercado de trabalho, formação do pedagogo e formação de professores. “Nossa intenção é lançar, para o ano, a discussão do mercado de trabalho, com uma linha de pesquisa nesse campo, e também oferecer parcerias com as escolas, não só em estágio, mas para ID_CURSOs, na questão da avaliação sistêmica, Provinha Brasil, Prova Brasil...”, adiantou a Márcia Rita. A mesa solene da palestra “Pedagogo: relações de mercado” foi constituída também pela professora Edna Inaghaki, representante do corpo docente do Colegiado de Pedagogia, pela acadêmica Annelise Rocha Nunes, representante discente, e pela professora Eliana Costa Cury, representando a direção da Faculdade de Educação da UNIGRAN. (JR)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran