UNIARTE abre com homenagem a Adiles Torres.

Diretora do jornal O Progresso é lembrada como grande apoiadora da arte e da cultura no Sul do Estado. Abertura traz ainda o Grupo Tripé.
A UNIARTE abre sua XXIV edição, no próximo dia 27, com uma novidade: prestará homenagem à jornalista Adiles Torres do Amaral. A mostra, já tradicional em Dourados e na região, busca a cada ano fazer algo a mais, segundo a coordenadora do ID_CURSO de Artes Visuais, Claúdia Ollé, para agregar valor ao evento. “Esse ano será a primeira vez que estaremos homenageando uma pessoa da terra, que muito incentiva a arte e cultura daqui da nossa região. Merecidamente escolhemos dona Adiles Torres, jornalista, que faz um trabalho tão bonito, com tanto incentivo à educação, à arte e à cultura”, assinala ela. Adiles é formada em Ciências Jurídicas pela UNIGRAN, turma de 1980 e tem no currículo homenagens como a do Ministério da Educação, através da Academia Municipalista de Letras do Brasil, que lhe concedeu o diploma “Ordem do Mérito Cívico Cultural Intelectual no grau de Comendadora”, em “testemunho dos relevantes serviços prestados ao civismo e a cultura da pátria”. Nas cidades de Dourados, na grande Dourados, no Conesul e no Vale do Ivinhema recebeu inúmeros diplomas de honra ao mérito pelos serviços prestados, títulos outorgados por clubes de serviços e entidades filantrópicas. Atrações - A noite de abertura também contará com a presença do grupo Tripé, de Campo Grande. Jerri Espíndola, Paulinho Simões e os Filhos dos Livres se apresentam no salão de Eventos da UNIGRAN a partir das 19h30min, com entrada franca. A escolha do grupo segue o padrão de incentivas os valores musicais do MS, como faz também na dança e nas artes plásticas. “Essa escolha foi feita porque eles têm um trabalho antigo e com muita personalidade. A mistura de músicos, como Jerri e Paulinho Simões, com uma outra geração, tem tudo a ver com a identidade, a diferença e o hibridismo na arte contemporânea. São as gerações se formando também através da música”, considera Cláudia Ollé. Na manhã de terça-feira (28), é aberta a visitação às mostras artísticas para as escolas públicas e privadas de Dourados e região, mantendo uma tradição que se repete há oito anos. Para a coordenadora, já é possível perceber retorno do trabalho, principalmente em relação à comunidade mais carente, cujas crianças que não têm acesso a espaços que as aproxime da arte. “É uma oportunidade que eles têm de estar em contato com a obra e com o artista poderem discutir, professor e monitores explicam, conversam, dizem como foi proposto o trabalho, como foi desenvolvido, Então não é o fazer só pelo fazer. É esse olhar que a gente quer mudar para tornar essa criança mais crítica, perceptiva”, diz, assinalando que no século 21 prevalece a estética, a visualidade e, segundo elas, as crianças precisam ter olhar crítico. “Achamos que a arte é um dos caminhos para que isso aconteça”, finaliza. (CM)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran