Semana de Educação Física aborda a atividade física individualizada.

Marcelo Ferreira disse que o educador físico tem a responsabilidade de promover a qualidade de vida das pessoas por meio dos exercícios.
A prática da atividade física está cada vez mais respeitada devido ao avanço técnico e científico que atinge todas as áreas em que se aplicam exercícios físicos, seja na busca pela saúde, desempenho esportivo ou até mesmo a estética. Mas segundo o professor Marcelo Ferreira Miranda, membro do Conselho Federal de Educação Física (Confef), ao iniciar uma atividade física é necessário que seja feita uma avaliação com o educador físico para que aplique um tratamento individualizado. Profissionais e acadêmicos trataram do assunto na I Semana de Educação Física da UNIGRAN, no mini-ID_CURSO de treinamento individualizado. Miranda explica que para a determinação da dose correta de atividade física (intensidade e volume) se faz necessário quantificar o nível de condicionamento físico através de uma avaliação de aptidão física adequada, capaz de oferecer dados para uma orientação criteriosa a ser estimulada de acordo com os objetivos, necessidades e limitações do praticante. E o resultado promovido pelo condicionamento físico, dependerá de inúmeras variáveis, devido às diferentes características de cada praticante. A responsabilidade do educador físico em garantir qualidade de vida ao praticante deve-se, na análise do professor, iniciar com a identificação das características de cada pessoa para que se possa montar um treino adequado, pois cada grupo populacional – mulheres, homens, crianças – é diferente. E esses cuidados devem ser analisados criteriosamente em fatores de risco. “É comum pessoas que sofrem de doenças buscar na educação física o tratamento e o bem estar à saúde. O educador físico deve estar atento e fazer um trabalho em conjunto com um médico para prescrever atividades seguras”, alerta. Um programa para prática de atividade física deve ser elaborado com critérios, para melDATA_HORA do condicionamento cardiorrespiratório, exercícios de alongamento para flexibilidade e exercícios denominados localizados. Marcelo Ferreira comenta que é necessário fazer uma avaliação inicial com o praticante no sentido de diagnosticar as características físicas, e periodicamente devem-se analisar a evolução do indivíduo para ajustar o programa de treino como forma de atingir os resultados esperados. Ele ainda ressalta que cada modelo de atividade física (aeróbio, flexibilidade e muscular localizado) tem seu benefício específico para o condicionamento físico como um todo, sendo cada um com sua importância de igual valor quando se pretende uma melDATA_HORA harmoniosa do condicionamento físico, atingindo a tão desejada qualidade de vida e até mesmo a desempenho esportivo. Na aula prática do mini-ID_CURSO foram realizados testes e exercícios entre os participantes, como forma de prescrever e mostrar a forma correta de oferecer o treinamento individualizado. (FV)

UNIGRAN - Centro Universitário da Grande Dourados
FONE: (67) 3411-4141 / Fax: (67) 3411-4167
Rua Balbina de Matos, 2121 - Jd. Universitário
CEP: 79.824-900 - Dourados/MS
Todos os Direitos Reservados

Baixe os apps Unigran